SEMED e CBM/SE realizam curso de primeiros socorros com servidores de creches e pré-escolas da rede municipal

27/07/2022 - 16:00 Atualizado há 22 horas



Pensando na proteção das crianças, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar e Sergipe (CBM/SE) realizaram na manhã desta quarta-feira (27) uma capacitação em noções básicas de primeiros socorros para os servidores da educação que atuam nas creches e pré-escolas da rede municipal. O encontro matinal aconteceu na EMEF Gina Franco, e seguirá com outra turma no turno da tarde.

 

 

De acordo com a coordenadora de políticas educacionais e de diversidade da SEMED, Naryanne Pinheiro, a ação atende a Lei Lucas Nº 13.722, que estabelece a obrigatoriedade da capacitação em noções de primeiros socorros para professores e funcionários de ensino público e privado de educação básica, e a recreação infantil. “Essa capacitação foi pensada pela SEMED com o intuito de preparar os servidores caso aconteça uma eventual emergência ou urgência e tentarmos reverter a situação até que o corpo de bombeiros ou a assistência médica chegue”, explicou.

 

Naryanne Pinheiro, coordenadora de políticas educacionais e de diversidade da SEMED

 

Dessa primeira etapa participaram professores e equipes (merendeiros, auxiliares de serviços básicos, diretores e coordenadores) das creches e pré-escolas da rede municipal de São Cristóvão. Além disso, a coordenadora acrescentou que acontecerá outros encontros com servidores do ensino fundamental menor e maior.

 

Os representantes do CBM/SE ensinaram aos participantes noções básicas como: estancar uma hemorragia, fazer uma massagem cardíaca, desengasgar, tratar uma pessoa que está sofrendo uma convulsão ou crise de epilepsia, entre outros. Para a parte prática, eles também tiveram o suporte de um boneco simulador de primeiros socorros.

 

 

Salvar vidas

 

Para o subtenente da CBM/SE, Marcos Cunha Marinho, o foco dessa atividade é ensinar detalhes que salvam vidas. “Para nós é um prazer levar o nosso conhecimento para essas pessoas justamente porque é como se estivéssemos ampliando o corpo de bombeiros, colocando o bombeiro na sala de aula. O professor ou profissional que trabalha na escola serão os nossos representantes até o Bombeiro ou o SAMU chegar, solucionando a situação”, disse.

 

Marcos Cunha Marinho, subtenente da CBM/SE

 

A professora da EMEF Maria de Lourdes Gomes, Ana Lúcia, foi uma das que participaram da ação e considera de suma importância em relação a realidade diária com crianças de 0 a 3 anos de idade. “Estou achando super importante, inclusive as minhas colegas de trabalho se empolgaram muito porque esse curso é necessário para nós adquirirmos novos conhecimentos para auxiliar o nosso trabalho e o nosso dia-a-dia na creche”, comentou.

 

Ana Lúcia, professora

 

Já para o executor de serviços básicos, Jamesson Pereira, o curso será de grande valia no trabalho com as crianças. “Quando o pai deixa o filho na escola, ele está deixando conosco o seu bem mais precioso e nós precisamos cuidá-lo como se fossem nossos filhos. Com esse curso, nós podemos ter um pouco mais de conhecimento para agir na hora que necessitar”, finalizou.

 

Jamesson Pereira, executor de serviços básicos

 

Fotos: Dani Santos