Rede Municipal de Ensino de São Cristóvão comemora evolução de todas as escolas com os resultados preliminares das avaliações do Saese e Saeb

17/04/2024 - 18:31 Atualizado há 2 dias



A Prefeitura de São Cristóvão, através da Secretaria Municipal de Educação (Semed), oportunizou na manhã desta quarta-feira (17) um encontro com todos os gestores escolares da Rede Municipal de Ensino de São Cristóvão para a apresentação dos resultados preliminares do ano de 2023 dos Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e do Sistema de Avaliação da Educação Básica de Sergipe (Saese). O encontro não apenas revelou as conquistas alcançadas pelo esforço e trabalho de toda equipe da Educação, mas também destacou o compromisso que deve ser continuado para transformar São Cristóvão em uma verdadeira Cidade Educadora e referência para todo o estado. 

 

 

 

 

Estas avaliações medem os conhecimentos das áreas de português e matemática para os ensinos iniciais e finais, sendo o 2º, 5º e 9º anos.  Os números apresentados evidenciaram o crescimento significativo no ensino-aprendizagem e proficiência dos alunos, que recebem reconhecimento por seus esforços juntamente com seus familiares. Isso reflete, sobretudo, a qualidade do trabalho desenvolvido e o compromisso dos professores em atender às necessidades individuais de cada aluno. 

 

 

 

 

De acordo com a secretária da Educação, Deise Barroso, foram 23 escolas que participaram dessas avaliações, e todas elas cresceram de forma considerável. Atentou-se às dificuldades passadas pelo período pandêmico, mas que, independentemente, não regrediram nos resultados.  

 

 

Deise Barroso, secretária da Educação 

 

 

“Nossos alunos mostraram que estavam realmente aprendendo aquilo que é adequado para suas respectivas turmas. Nosso desafio maior ainda está sendo o 9º, mas isso é algo sofrido em todo país, mas, ainda assim, percebemos que pelos estudos que vêm sendo feitos, que nós de São Cristóvão estamos nos destacando positivamente, então, precisamos pensar mesmo em uma política de educação para essa modalidade”, informa Deise. 

 

Adicionalmente, a secretária elogiou toda equipe educativa da cidade, mas também destacou a importante presença da família nesses resultados. “Os alunos precisam estar nas escolas para aprender, senão nada disso adianta, portanto a família entender a necessidade da frequência, além do seus auxílios em casa, faz toda a diferença. E tudo isso fez parte dos nossos bons números, tivemos no último ano um maior número de participação dos alunos”. 

 

 

 

 

Os gestores escolares desempenharam um papel fundamental, implementando uma série de atividades voltadas para superar as deficiências identificadas nos estudantes. Entre essas atividades, destacam-se o reforço escolar, a realização de simulados e a promoção de atividades interativas, todas voltadas para abordar as dificuldades específicas de cada aluno, como enfatiza a diretora da EMEF Teresita de Paiva Lima, Carla Amanda. Esta, foi a escola municipal que mais evoluiu no ensino-aprendizagem do 2º ano. 

 

 

Carla Amanda

 

 

“Nós começamos mapeando as habilidades que os alunos ainda não tinham consolidado. Após esse mapeamento, através dos simulados foguetinho, procuramos corrigir isso, traçando atividades baseadas nesse mapeamento para que o aluno conseguisse superar as dificuldades que tinha. Além disso, tinha-se o reforço escolar no contraturno deles três vezes por semana, e nos finais de semana a gente aplicava o simulado, contendo assuntos que os mesmo tinham dificuldades para entendermos o processo de aprendizagem de cada um”, compartilha Carla. 

 

Durante a apresentação, conduzida pela secretaria de Educação, foi feita uma análise comparativa dos resultados dos anos de 2019 a 2023, destacando o progresso notável de todas as escolas municipais. Cada instituição registrou um avanço de cerca de 2 pontos ou mais em suas notas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Essa melhoria contínua demonstra não apenas o empenho das escolas e família, mas também a eficácia das estratégias adotadas para promover um ambiente educacional mais eficiente e inclusivo em São Cristóvão.

 

 

 

 

“O desafio foi lançado e a gente abraçou com todas as forças. Hoje vendo esse resultado de excelência nos dá ainda mais orgulho da nossa escola, da nossa Rede de Ensino Municipal, da nossa cidade. Existe um envolvimento coletivo dentro da própria escola para que a gente possa ter um melhor atendimento e um melhor rendimento, como estamos vendo hoje, e ainda podemos e vamos melhorar ainda mais”, reforça Telvânia Maria da Silva, diretora da EMEF Raimundo Francisco dos Santos, escola que ficou em primeiro lugar na evolução de ensino-aprendizagem do 5º. 

 

 

Telvânia Maria da Silva

 

 

 

 

O prefeito Marcos Santana esteve presente no encontro para parabenizar e agradecer por todo trabalho de excelência executado por todos os educadores. “Sinto-me muito feliz com esse resultado, é algo que está sendo muito mais do que eu pude imaginar um dia. Muito obrigado a todos os educadores que não medem esforços para que nossos alunos tenham a oportunidade e possibilidade de no futuro ser quem quiser ser, pois eles vão ter base. Eu digo para você nesse meu último ano de gestão que vou olhar para trás e ter certeza que não haverá nenhuma lacuna da Educação, pois hoje somos uma Cidade Educadora com resultados brilhantes e que tendem a ser maiores”. 

 

 

Prefeito Marcos Santana em momento de fala 

 

 

Fotos: Heitor Xavier