Prefeitura e SAAE levam água potável ao povoado Alto do Bernardo

24/10/2023 - 18:18 Atualizado há 5 horas



A chegada da água ao povoado Alto do Bernardo representa mais uma conquista do projeto ‘Águas de São Cristóvão’. Com um planejamento detalhado, foram implantados 1.146 metros de rede de abastecimento e realizadas 50 ligações domiciliares, beneficiando cerca de 50 famílias, o que representa aproximadamente 200 pessoas da localidade. O investimento total nessa iniciativa alcançou a marca de R$150 mil reais, financiado com recursos próprios do município.

 

De acordo com Carlos Melo, diretor-presidente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), um poço tubular com 66 metros de profundidade e vazão de 5 metros cúbicos por hora foi perfurado, e ainda está prevista a implantação de um reservatório com capacidade para 20.000 litros. "Este é um passo crucial no compromisso da gestão em fornecer acesso à água potável em todas as regiões de São Cristóvão. Nossa missão é garantir que cada cidadão tenha esse recurso essencial à sua disposição, melhorando a qualidade de vida em nossa comunidade e promovendo um futuro melhor para todos os moradores do município”, disse.

 

Carlos Melo, diretor-presidente SAAE / Foto: Dani Santos

 

Gicelma Cardoso dos Santos, agricultora e moradora do Alto do Bernardo, compartilhou a sua gratidão e a importância da chegada da água para sua comunidade, especialmente para a sua mãe. "Meu agradecimento vem  primeiramente a Deus e à gestão de Marcos Santana, que nos prometeu e cumpriu. Nossa dificuldade ao pegar água diariamente há mais de 1km, era imensa. Não conseguíamos lavar roupa, tomar banho, lavar pratos, a vida da minha mãe era carregar água em baldes na cabeça, subindo e descendo ladeira. Agora, não precisamos ir tão longe, pois a torneira está logo ali", disse entusiasmada. 

 

Gicelma Cardoso dos Santos, agricultora

 

 

Mãe de Gicelma, a aposentada Leonor Cardoso Guerra, também expressou sua felicidade, destacando a diferença que o projeto fez em sua vida. "Antes da instalação da rede de abastecimento a vida aqui era péssima. Uma dificuldade muito grande para ir em busca de água, além do custo alto para colocar as garrafas de água nas carroças. Agradeço a Deus, primeiramente, porque nos ajudou, e ao prefeito, que  é um homem de palavra. Agora posso dizer que tenho água em minha casa. Estou alegre, muito satisfeita porque não preciso colocar baldes de água na cabeça ou pagar para que tragam de longe até aqui”, explicou. 

 

Leonor Cardoso Guerra, aposentada

 

O diretor-presidente do SAAE explicou que incluir o projeto no Alto do Bernardo faz parte do plano de recursos hídricos da prefeitura desde 2017. “Desde então, mais de 30 povoados foram beneficiados com água encanada, tornando a vida mais fácil e confortável para inúmeras famílias na região”,concluiu.

 

 

 

Fotos: Heitor Xavier