Prefeitura e SAAE investem R$130 mil para levar rede de abastecimento aos moradores do povoado Caípe Novo

18/01/2024 - 18:09 Atualizado há 7 horas



Uma nova realidade começou para os moradores do povoado Caípe Novo, em São Cristóvão, com a conclusão das obras do sistema de abastecimento de água do programa "Águas de São Cristóvão". Através de uma ação conjunta entre a Prefeitura e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), a comunidade agora usufrui de um sistema moderno e eficiente. Vale ressaltar que esse avanço foi financiado com recursos próprios da Prefeitura, totalizando cerca de R$130 mil para beneficiar inicialmente 50 famílias. 

 

De acordo com o diretor-presidente do SAAE, Carlos Melo, "com a implantação de 2.400 metros de rede PBA de 50mm e a realização de 50 ligações domiciliares, somadas à perfuração de um poço tubular com uma vazão de 4,0 m³/h, essa intervenção vai além de ser um simples avanço na infraestrutura local. Ela representa um divisor de águas para o Caípe Novo, marcando o início de uma era em que a comunidade usufrui de um sistema de abastecimento de água moderno e resistente, capaz de atender às demandas diárias com eficiência e qualidade”, informou o diretor.

 

Carlos Melo, diretor-presidente do SAAE

 

Ele ainda acrescenta que “essa conquista é mais do que uma melhoria técnica, é a concretização do compromisso da gestão em proporcionar o acesso à água potável em todas as regiões de São Cristóvão. Afinal, nosso objetivo é assegurar que cada cidadão tenha acesso a esse recurso essencial, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida em nossa comunidade e pavimentando o caminho para um futuro mais promissor para todos os moradores do município", afirmou.

 

Famílias beneficiadas

 

Eduardo de Jesus Rocha, taxista que reside no Caípe Novo há 26 anos, relembrou as dificuldades enfrentadas anteriormente. "Era complicado. A água era escassa, e tínhamos que nos organizar para conseguir água potável nos deslocando até um poço. Agora, com essa obra, nossa vida mudou completamente. É um ganho para todos nós, por isso agradecemos a essa gestão, pela sensibilidade e por cumprir com os compromissos e suprir as nossas necessidades", afirmou. 

 

Eduardo de Jesus Rocha, taxista

 

A dona de casa Rosenira Zenalra Rocha, esposa de Eduardo, compartilha do mesmo sentimento. "Antes, era um desafio diário lidar com a falta d'água. Agora, temos água de qualidade em nossas torneiras. É um conforto que nunca tivemos antes, porque enfrentávamos dias de sofrimento, carregando baldes, faça chuva ou sol, seja de carroça ou a pé. Idosos, crianças, gestantes, todos compartilhavam o peso dos baldes e sofriam com a escassez. Hoje, essa realidade ficou para trás, e finalmente, podemos desfrutar de um recurso básico de maneira digna e acessível”, declarou. 

 

Rosenira Zenalra Rocha, dona de casa, ao lado da família

 

Outro casal que se mostrou satisfeito com o serviço realizado foi Ailton Pereira dos Santos e Lucilene Santiago dos Santos, ambos pescadores. "A água é essencial para o nosso dia a dia e também para o nosso trabalho. Agora podemos contar com ela de maneira regular, o que eu considero uma bênção. Estamos felizes e satisfeitos com o resultado do serviço, e temos certeza de que a gestão municipal está realmente comprometida com o bem-estar da população", afirmou Ailton.  "Estamos aqui agradecendo, porque antes enfrentávamos muitas dificuldades. Ter água em casa exigia que fossemos de casa até a beira dos rios, até as fontes, sempre com pesos na cabeça. Desde o momento em que a gestão realizou o nosso maior sonho, agora temos água em abundância e de qualidade", comemorou Lucilene. 

 

Lucilene Santiago dos Santos e Ailton Pereira dos Santos, pescadores

 

Fotos: Dani Santos