Prefeitura realiza capacitação para catadores e coletores de recicláveis para o Festival de Artes de São Cristóvão

27/11/2023 - 15:45 Atualizado há 6 horas



 

Na manhã desta segunda-feira (27), a Prefeitura de São Cristóvão, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), promoveu uma capacitação voltada para os catadores e coletores de materiais recicláveis da cidade, em preparação para o Festival de Artes de São Cristóvão (Fasc) que acontecerá nos dias 1 a 3 de dezembro. 

 

A capacitação foi realizada com o intuito de otimizar as práticas de coleta durante o evento para garantir que o mínimo ou nenhum material seja descartado de forma inadequada. Elísio Cristóvão, engenheiro ambiental da Semma, compartilhou estratégias e lógicas de organização do trabalho que visam atender de maneira eficiente à demanda gerada pelo festival. 

 

 

Elísio Cristóvão, engenheiro ambiental da Semma

 

“Além dessa capacitação, com os catadores, nós fizemos semana passada a capacitação com os comerciantes para a gente trabalhar em conjunto, nós vamos ter um ponto de entrega voluntária para os catadores daqui, e além disso um ecotroca em que a população pode trocar os recicláveis por brindes e também um ponto da Care - Cooperativa dos Agentes Autônomos de Reciclagem de Aracaju - para comprar reciclável”, partilha Elísio. 

 

Para ministrar a capacitação, foi convidado o técnico da Associação Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis (Ancat), Adriano dos Santos. Apesar da associação ter sede em Brasília e São Paulo, Adriano atende demandas em Sergipe, Rio Grande do Norte e Bahia, e nesta segunda, foi a vez de São Cristóvão receber um pouco mais de conhecimento a respeito do ramo. 

 

 

Adriano dos Santos, técnico da Ancat 

 

 

“Essa capacitação tem sido feita em outras ações, e ela carrega a ideia de motivação. Buscamos sempre a motivação para os catadores para que eles entendam que esse primeiro passo é o mais difícil da organização, mas passando por essa etapa de adaptação a cooperativa tende muito a dar certo. Por outro lado, é importante que todos aprendam qual é a sua função, suas responsabilidades e também seus direitos dentro da organização, isso é importante para o bom andamento das atividades e o sucesso da cooperativa”, declara Adriano. 

 

Ao promover a capacitação, a prefeitura contribui para a preservação ambiental, mas também reconhece a importância dos catadores e coletores, valorizando o trabalho desses profissionais. Além dos benefícios ambientais, os serviços de reciclagem oportunizam uma fonte adicional de renda para os envolvidos, como afirma Daniele Menezes, catadora e presidente da associação de catadores na cidade. 

 

 

Daniele Menezes, catadora e presidente da associação de catadores de São Cristóvão 

 

 

“Importante trabalharmos equipados, na capacitação recebemos muitas orientações de como trabalhar melhor e em equipe. Trabalhar no Fasc nos traz uma renda muito boa, é um evento que nos beneficia bastante e para nós isso é muito bom”, afirma Daniele. 



Fotos: Dani Santos