Prefeitura dá início a obras estruturantes no Eduardo Gomes

13/07/2022 - 13:59 Atualizado há 1 dia



 

A Prefeitura de São Cristóvão, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), leva benefícios à população através da realização de obras fundamentais para o desenvolvimento da cidade. Basta um giro pelo município e é possível observar a quantidade de construções, reestruturações e requalificações acontecendo por todos os cantos. Na região do Eduardo Gomes, por exemplo, algumas obras iniciaram paralelamente, como a construção do Ginásio Poliesportivo Ronaldo Santana, agregado ao campo do Renatão; a cobertura do canal da Rua G e a reestruturação do Centro de Atendimento ao Cidadão (CEAC).

 

Realizadas com recursos próprios da Prefeitura, tais obras possuem um investimento de quase R$ 6 milhões, e representam a preocupação da gestão com as demandas e necessidades do povo. Para o secretário da Seminfra, Júlio Nascimento Júnior, realizar obras de tamanha importância para os moradores só aumenta a expectativa pelos resultados. “São obras que atendem às reivindicações da população e que não devem ser feitas de qualquer maneira. Entregar um serviço que atenda as necessidades e que tenha qualidade é o nosso principal objetivo, por isso requer tempo e planejamento, principalmente por serem realizadas com recursos da prefeitura”, ressaltou o secretário.

 

Secretário da Seminfra, Júlio do Nascimento

 

Responsável pela administração da obra de reestruturação do CEAC, Larissa Silva, falou sobre os serviços que estão sendo realizados nesse momento inicial e ressaltou a importância da qualidade no resultado final. “Essa obra está sendo iniciada com as demolições de tudo o que está imperfeito, após isso viemos com o acabamento, revestimento, para que o município possa usufruir da qualidade dessa nova estrutura do CEAC, com um bom acabamento, segurança e conforto ”, explicou.

 

Responsável pela administração da obra de reestruturação do CEAC, Larissa Silva

 

De acordo com o encarregado da empresa responsável pela cobertura do canal, Alcy Vieira Santana Silva, o período de chuva não tem atrapalhado o andamento da obra, que já começou com a limpeza do local e a preparação dos primeiros 100 metros de tapume. “O nosso primeiro passo aqui é aplicar a proteção para vedar a entrada de pessoas na obra, retirar os cascalhos e a partir daí iniciar a cobertura. Até agora a chuva não tem atrapalhado o serviço, mas aproveitamos ao máximo o tempo firme para que possamos entregar dentro dos prazos estabelecidos”, destacou.

 

Encarregado da empresa responsável pela cobertura do canal, Alcy Vieira

 

Obra para a cobertura do canal foi iniciada

 

Assim como as demais, a obra do ginásio poliesportivo também já foi iniciada e está em fase de mobilização do canteiro e requisição de materiais, segundo a engenheira civil, Nathally Cavalcante. “A intervenção será realizada numa área com pouco mais de três mil metros e caso o tempo permaneça firme, finalizaremos a primeira etapa ainda esta semana, que é o levantamento para a requisição de materiais, gabarito, sondagem e topografia”, frisou.

 

Engenheira civil, Nathally Cavalcante

 

Obrado Ginásio no Eduardo Gomes

 

Os moradores se mostram ansiosos e já agradecidos

 

Crislaine Silva, professora, falou sobre a importância de ter um CEAC perto da sua casa e destacou a sua satisfação com a reforma do local de atendimento. “Trazer o CEAC para o Eduardo Gomes foi algo que me deixou muito feliz porque a população não precisa mais se deslocar até a capital para fazer segunda via de documentos. Saber que este e outros serviços logo mais serão realizados em um ambiente novo, confortável, feito exclusivamente para esta finalidade, faz com que minha satisfação só aumente. O prefeito está de parabéns por pensar na população dessa maneira, pois é a primeira vez que vejo esse cuidado vindo da gestão”, afirmou.

 

Crislaine Silva, professora

 

José de Alencar, técnico em contabilidade, é morador do entorno do canal da Rua G e para ele a obra do canal não só trará uma mudança estética, mas representará melhorias na saúde e lazer. “Esse canal aberto incomoda não só pela estética, mas pelo risco e pelo mau cheiro que exala. Agradeço à Prefeitura porque muitos serviços tem beneficiado a comunidade, é uma gestão que pensa no coletivo e por isso eu acredito que todos estejam agradecidos com os resultados. Eu tenho certeza de que a comunidade vai usufruir da melhor forma, inclusive para a realização de caminhadas, sem risco de mosquitos e possíveis doenças”, destacou o morador.

 

José de Alencar, técnico em contabilidade

 

Mônica dos Santos, dona de casa, fica feliz com a obra do Ginásio Poliesportivo, pois, segundo ela, será mais um atrativo para a juventude. “Eu tenho os meus filhos que sempre quiseram brincar no campo e eu nunca deixei, principalmente no período de chuva. Agora com a construção do ginásio a realidade será outra. Estamos todos ansiosos para que a obra fique pronta, para que a comunidade tenha mais opções na realização das atividades e que traga para os meus filhos e outros jovens, o incentivo para a prática de esportes, que é algo tão importante”, falou.

 

Mônica dos Santos, dona de casa

 

Fotos: Heitor Xavier