Prefeito de São Cristóvão participa de audiência sobre transporte público da Grande Aracaju

19/06/2023 - 21:50 Atualizado há 2 dias



O prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana, participou na manhã desta segunda-feira (19), de uma audiência pública para discutir “Problemas e Soluções para o Transporte Público da Grande Aracaju”. O evento foi promovido pela vereadora Sônia Meire, e ocorreu na Câmara Municipal de Aracaju. 



De acordo com a vereadora Sônia Meire, a audiência foi motivada pelas diferentes denúncias que ela tem recebido nos últimos anos acerca dos problemas que envolvem o transporte coletivo, a exemplo da falta de linhas para o deslocamento da população, valor da tarifa, condições de acessibilidade, falta da garantia de direito dos trabalhadores rodoviários, qualidade dos ônibus e assédio dentro dos coletivos. 



Sônia lamentou as dificuldades que os usuários e usuárias passam todos os dias ao utilizar os ônibus. “Hoje o que nós temos é um caos completo no transporte coletivo. Não podemos dizer que há um transporte público, há um transporte coletivo que é tido como público porque transporta milhares de pessoas todos os dias, mas na sua essência é caro e não tem qualidade para que possa garantir de fato o direito à cidade”, destacou a vereadora.

 

Vereadora Sônia Meire

 

A parlamentar ainda criticou o atual gerenciamento do transporte, que é feito pela gestão da capital sergipana. “O prefeito de Aracaju é que assumiu todas as decisões sobre o transporte e nós sabemos, pelas denúncias que são feitas, que os ônibus quebram diariamente em São Cristóvão, em Socorro e na Barra dos Coqueiros. Por isso, precisamos alargar esse debate com esses municípios, porque é preciso pensar em um transporte público com diferentes modalidades integradas, o que não temos hoje. O intuito dessa audiência hoje é que a gente possa encontrar medidas que nos ajudem a encarar de forma mais organizada esse sistema, que para nós está falido, e que possamos assim encontrar soluções”, apontou.



Durante sua fala, o prefeito Marcos Santana também teceu críticas ao modelo de gestão do transporte coletivo na região metropolitana de Aracaju que existe atualmente e falou sobre a demora para efetivação do Consórcio do Transporte Intermunicipal que foi criado em 2015. 



“Hoje pela manhã, mais uma vez encontrei um ônibus quebrado, e essa cena tem sido recorrente. Sozinho eu não tenho poder para resolver esse problema, porque há um consórcio que foi estabelecido em 2015 e que não foi instalado. Hoje, o sistema está sob o gerenciamento da SMTT de Aracaju. Todas as vezes que um ônibus quebra nós enviamos um ofício pedindo uma solução. Nós precisamos pedir urgentemente que o consórcio seja instalado, e que a gente tenha, definitivamente, uma licitação para garantir transporte de qualidade a preço justo para todos, a partir de um gerenciamento de maneira supramunicipal”, declarou o prefeito. 

 

Marcos Santana, prefeito de São Cristóvão

 

Marcos ainda enfatizou a necessidade do Governo do Estado e do Ministério Público participarem desse processo de instalação do Consórcio. “Tenho implorado que o Governo do Estado, chame para si a responsabilidade da coordenação das discussões a respeito do consórcio e que o Ministério Público também possa agir nesse processo”, complementou. 



Além do prefeito Marcos Santana, a audiência pública contou com a participação de estudiosos da área da mobilidade urbana, usuários do transporte coletivo e ex-trabalhadores de empresas que gerenciam o sistema de transporte na Grande Aracaju. Também estiveram presentes o superintendente da SMTT de São Cristóvão, Nilton Santos; o secretário de Infraestrutura, Júlio Júnior; e o procurador do município, Diego Araújo. 

 

Fotos: Dani Santos