Servidores da Semas participam de formação básica sobre primeiros socorros do CBM/SE

06/09/2022 - 16:40 Atualizado há 5 dias



Como forma de prevenir incidentes e criar espaços de segurança, a Prefeitura de São Cristóvão, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas) em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBM/SE), realizou na manhã desta terça-feira (06), uma formação básica de primeiros socorros para os trabalhadores da Política Municipal de Assistência Social. O encontro aconteceu no auditório do Museu de Arte Sacra.

 

 

Segundo a coordenadora de gestão do trabalho e da diretoria de planejamento e gestão do SUAS, Shirlene Luduvice, a atividade surgiu da necessidade de capacitar os profissionais da SEMAS, desde diretores, coordenadores de unidades, além de orientadores e educadores sociais. “Nós queremos preparar os nossos funcionários para agir de maneira correta em situações de emergência dentro do ambiente de trabalho sabendo as técnicas, manobras, evitando o agravamento da vítima até a chegada da assistência médica”, disse. 

 

Shirlane Ludovice, coordenadora de gestão do trabalho da Semas

 

Os representantes do CBM/SE orientaram sobre as ações iniciais de atendimento, formas de abordagem e como agir em situações que envolvem hemorragia, fraturas, queimadura, crise compulsiva, desmaio, entre outros. Para o sargento da CBM/SE, Ricardo Nobre, esse tipo de formação “é de primordial importância para todo cidadão de qualquer atuação ou profissão que efetue. Ele deve saber prestar esses primeiros socorros para qualquer vítima que necessite de um pequeno amparo que é necessário para sua qualidade de vida e sua sobrevivência até a chegada da equipe especializada”. 

 

“É uma missão mais do que nobre de nós estarmos compartilhando esses conhecimentos com essa turma da assistência social e eu creio que eles vão levar isso não só para o âmbito profissional, mas também pro lado pessoal”, complementou o Sargento.

 

Sargento Ricardo Nobre do CBM/SE

 

A diretora de proteção social da Semas, Gessica Silva, conta que essa ação é uma das atividades que vêm sendo desenvolvidas pela diretoria de planejamento por meio de oficinas e capacitações, buscando promover o aperfeiçoamento dos trabalhadores. “Essa atividade vem para somar nesse processo de conhecimento, uma vez que nós atendemos ao público. Pode ser que aconteçam nos nossos espaços de trabalho situações que coloquem a vida dos nossos usuários em risco e é interessante que nós, enquanto trabalhadores da política de assistência, estejamos também com esse mínimo de conhecimento para intervir diante de uma possível situação de risco de vida”, acrescentou.

 

Gessica Silva, diretora de proteção social da Semas

 

Para o psicólogo da Semas, Tiago Resende, toda ação informativa é bem-vinda para complementar o conhecimento dos envolvidos. "Às vezes o conhecimento do dia a dia técnico é importante e esse olhar é necessário para aprimorar e alinhar formas e práticas em casos de urgências que é a temática de atender necessidades”, finalizou.

 

Tiago Resende, psicológo da Semas

 

Fotos: Dani Santos