Prefeitura realiza entrega de kits para usuários dos Cras e Creas

02/07/2020 - 16:21 Atualizado há 1 dia



 


A Prefeitura de São Cristóvão, através da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast), realizou nesta quinta-feira (02), a entrega de kits para os integrantes dos grupos dos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

 

Compostos por lanche, máscara e uma carta de apoio, os kits foram distribuídos nas residências dos idosos que compõem os grupos do Serviço de Convivência dos Cras Gilson Prado e do Cras São Cristóvão. Eles também foram entregues para as mulheres vítimas de violência doméstica e adolescentes que estão em cumprimento de medidas socioeducativas, ambos assistidos pelo Creas.

 

De acordo com a diretora de Proteção Social da Semast, Gessica Silva, a ação visa pontuar para os usuários que, apesar de os encontros presenciais estarem suspensos por conta da pandemia do novo Coronavírus, as equipes da Semast continuam se preocupando e reconhecendo a importância deles. “Nós estamos impedidos de estar aqui enquanto grupo, porém, nossa expectativa é que isso passe logo, e que os serviços sejam reestabelecidos. Também reforçamos que em qualquer situação que necessitem das equipes, eles podem entrar em contato conosco pelo telefone, whatsapp ou ir até o serviço, de fato”, declarou a diretora.

 

Dona Genoveva Peixe dos Santos foi uma das usuárias do Cras beneficiadas na ação desta quinta. Ela diz estar sentindo falta dos encontros realizados e agradeceu pela entrega do kit. “Gostei muito da visita e do kit, achei bom. Estou com muita saudade do Cras”, destacou a idosa.

Genoveva recebeu um dos kits da Semast

 

Já Maria Pitanga se emocionou com a presença das equipes do Cras e também disse ter saudades de participar das atividades do Serviço de Convivência. “Foi uma surpresa grande para mim, porque tem muito tempo que a gente não participa por causa do Coronavírus. Espero que tudo isso passe para que eu possa encontrar as profissionais, minhas colegas. Agradeço muito pela lembrança”, pontuou.

 

A idosa Maria Pitanga foi uma das beneficiadas

 

A coordenadora do Cras São Cristóvão, Paula Cardoso, ressaltou que a recepção foi positiva. Segundo ela, essa foi uma maneira encontrada para que os vínculos com os usuários dos serviços sejam mantidos. “Essa é uma forma de estarmos perto deles, além de trazermos algumas dicas de cuidado e saber se eles estão precisando de algum tipo de suporte. Nessas ações a gente percebe que o fato de estarmos perto demonstrando esse tipo de carinho, mesmo que em um pequeno gesto, é importante para eles”, afirmou a coordenadora.

 

Paula Cardoso, coordenadora do Cras São Cristóvão

 

Fotos: Heitor Xavier