Prefeitura de São Cristóvão perdoa débitos de mais de 300 famílias em situação de vulnerabilidade econômica

19/03/2024 - 12:49 Atualizado há 2 dias



Através da remissão de débitos, a Prefeitura de São Cristóvão se empenha em proporcionar alívio financeiro às famílias que vivem em situação de vulnerabilidade econômica na cidade. Por meio dessa iniciativa, a administração municipal concedeu, ao longo da gestão,  perdão para os valores referentes ao Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e à Taxa de Coleta de Resíduos (TCR).

 

Conforme dados fornecidos pela Secretaria Municipal da Fazenda, Orçamento e Planejamento (Semfop), de maio a dezembro de 2023, 321 famílias foram beneficiadas por essa medida, resultando no valor exato de R$1.198.968,98 de débitos perdoados. Esse alívio financeiro representa uma forma eficaz de auxiliar as famílias que enfrentam dificuldades econômicas.

 

A remissão dos débitos segue as diretrizes estabelecidas pela Lei Nº 75/2023, e abrange especificamente famílias inscritas no Cadastro Único (CadUnico), bem como aquelas com renda per capita familiar igual ou inferior a dois salários mínimos.

 

Conforme George Freire, diretor de Administração Tributária da Semfop, “os interessados em solicitar o perdão dos débitos devem acessar o site da Prefeitura https://www.saocristovao.se.gov.br/, clicar na seção CONTRIBUINTE e, em seguida, no ícone REMISSÃO DE IPTU. Depois clicar no formulário/requerimento, preencher e enviar assinado para o e-mail que consta nas OBSERVAÇÕES, juntamente com RG, comprovante de renda atual ou comprovante  atual de inscrição no Cadastro Único. 

 

George Freire, diretor de Administração Tributária da Semfop

 

George ainda enfatizou a importância dessa medida, destacando o compromisso da Prefeitura em apoiar aqueles que mais necessitam. "Estamos cientes das dificuldades enfrentadas pelas famílias de baixa renda em nosso município. Esta é uma ação concreta para aliviar o fardo financeiro dessas famílias e proporcionar um pouco de tranquilidade em meio às adversidades", afirmou.

 

Foto: Dani Santos 

Capa: Heitor Xavier