Prefeitura de São Cristóvão e Caixa Econômica Federal assinam contrato que garante grande volume de obras em todo o município

28/09/2022 - 13:22 Atualizado há 7 horas



Na manhã da última terça-feira (27), o Prefeito Marcos Santana esteve na superintendência da Caixa Econômica Federal em Aracaju para assinar um Contrato de Financiamento no valor de R$ 30 milhões com a finalidade de investir em programas, obras e equipamentos no município de São Cristóvão. A assinatura foi feita na presença do superintendente da instituição financeira no Estado, Ismael Boaventura Neto, e demais representantes da gestão do banco.

Prefeito Marcos Santana assina contrato de financiamento

Entre os investimentos estão previstos o programa de Usina de Energia Solar Fotovoltaica, obras de drenagem, pavimentação, construção e/ou qualificação de espaços e equipamentos públicos, aquisição de máquinas e veículos e demais equipamentos, além de iluminação pública e contrapartidas. Até o momento já estão previstas a construção da Usina Fotovoltaica, da avenida José Macário, da Rodovia que ligara a João Bebe Água ao Distrito Industrial na BR 101, e a urbanização e pavimentação da Avenida Chesf no grande Rosa Elze.

 

Prefeito Marcos Santana

O prefeito Marcos Santana disse que esse é o primeiro empréstimo que o município faz em toda a sua história e com garantia da União. “É um empréstimo que passou por uma análise muito criteriosa e que mostra que o município está organizado do ponto de vista da governança, de seus apontamentos contábeis, das suas responsabilidades. O município está sendo governado com austeridade e por isso os bancos estão oferecendo crédito para São Cristóvão porque tem um governo que preza pela austeridade, pela responsabilidade. É um valor significativo que vai servir para as obras que, no próximo ano, vamos fazer na cidade”, afirmou o prefeito.

 

Uma das mais importantes obras que serão financiadas com os recursos desse contrato é a construção de uma rodovia que vai ligar o Distrito Industrial à rodovia João Bebe Água com o objetivo de aproximar o Distrito das pessoas que moram no grande Rosa Elze, para que as pessoas que vão trabalham nos empregos que serão gerados lá, cheguem com mais facilidade ao trabalho.

 

O prefeito lembrou, ainda, que apesar dos recursos já estarem disponíveis, as obras só devem iniciar partir do próximo ano porque é necessário concluir os projetos e realizar os processos licitatórios exigidos por lei.

 

A carência para pagamento do empréstimo é de 12 meses e a amortização de 108 meses.