Prefeito Marcos Santana se reúne com diretor-geral do Grupo Maratá visando parceria para o FASC

20/06/2023 - 17:08 Atualizado há 24 minutos



A Prefeitura segue na busca de parceiros que possam contribuir para realização da 38ª edição do Festival de Artes de São Cristóvão (FASC). Na manhã desta terça-feira (20), o prefeito Marcos Santana se reuniu com o diretor-geral do Grupo Maratá, Frank Reis Vieira. A reunião aconteceu na sede da empresa, no município de Itaporanga D’Ajuda. 



Na oportunidade, o prefeito apresentou o projeto do FASC 2023, destacando a importância do evento no que diz respeito à democratização da cultura, já que a população tem acesso 100% gratuito a uma programação com diversas manifestações artísticas. Além disso, Marcos enfatizou o papel que o FASC tem na geração de emprego e renda para os sancristovenses, que anualmente conta com a participação de aproximadamente 200 comerciantes. 


Prefeito Marcos Santana e diretor-geral da Maratá, Frank Reis

 

“Já são mais de 50 anos de um evento que hoje é o maior festival de artes gratuito do país, e nós temos muito orgulho em manter ele ativo apesar das dificuldades que encontramos para sua realização. Fazemos isso porque acreditamos no projeto, acreditamos no poder da cultura e como ela pode mudar a vida das pessoas, por isso estamos buscando parceiros como a Maratá para que possam, junto com a Prefeitura, continuar construindo essa história”, destacou o prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana. 



O diretor-geral da Maratá, Frank Reis, elogiou a iniciativa da Prefeitura de São Cristóvão em manter o FASC ativo, e confirmou o apoio da empresa na edição deste ano. “Esse é um evento cultural muito importante, e a Maratá com o seu perfil sempre está apoiando esse tipo de festas populares pelo Brasil inteiro. São Cristóvão tem um aspecto diferente, porque é a quarta cidade mais antiga do Brasil, e Maratá está chegando no município com um empreendimento industrial e com certeza iremos participar este ano do FASC”, afirmou.



Além do FASC, o prefeito Marcos Santana aproveitou a oportunidade para apresentar outros projetos visando novos investimentos da empresa no município. 



Também estiveram presentes na reunião o secretário de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho, Josenito Oliveira; e a coordenadora de projetos e captação de recursos, Sueline  Monteiro. 

 



O Festival



O FASC foi iniciado nos anos 1970, e serviu de palco para grandes artistas sergipanos e nacionais, para que pudessem expressar suas produções artísticas nas mais diversas modalidades. O evento foi descontinuado em 2005 e retornou em 2017, com a gestão de Marcos Santana, resgatando a proposta dos antigos festivais e reacendendo a programação cultural da Cidade Mãe de Sergipe.

 

Em 2022, dois anos após pausa por conta da pandemia de Covid-19, o Festival retornou ao formato presencial trazendo nomes como Emicida, Daniela Mercury e Alceu Valença. Para 2023, ano que celebra 51 anos de existência, a expectativa é que mais de 50 mil pessoas circulem diariamente pelas ruas históricas de São Cristóvão.

 

Fotos: Rafael Mota