Marcos Santana envia projeto de lei à Câmara Municipal que reajusta em 20% os salários dos professores do município

23/01/2023 - 20:02 Atualizado há 4 horas




O prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana, enviou à Câmara Municipal de Vereadores um projeto de lei que reajusta o salário dos professores em 20%, retroativo a 1º de janeiro de 2023. O reajuste significa 5,05% a mais que o percentual definido pela portaria do Ministério da Educação publicada na última semana.

O valor adicional foi uma determinação do prefeito que desde 2017 vem adotando medidas para a recuperação das perdas salariais impostas aos professores da rede por gestões anteriores. O prefeito lembrou que assumiu como compromisso da sua gestão recuperar as perdas salariais absurdas forçadas aos professores. “Nós respeitamos os professores e suas carreiras, considero inadmissível e violenta a diminuição dos salários que administradores anteriores impuseram ao magistério municipal. A minha determinação é não só de cumprimento ao decreto, como também de garantir mais uma parcela do que considero como devido aos professores, e agora estamos perto de recuperar tudo o que perderam”, afirmou.


Em 2017 a diferença entre a tabela do piso salarial do magistério no município para o piso nacional era de 69%. Desde o início da primeira gestão, Marcos Santana vem recuperando as perdas, e com esse novo Projeto de Lei enviado à Câmara Municipal recupera mais 5,05%. 
 

O prefeito entende que é preciso cumprir o decreto de aumento do piso, lembrando que o reajuste anual está previsto em Lei desde 2008, apesar das dificuldades que a maioria dos municípios tem para fazê-lo. “Não é uma medida fácil, porque representa uma boa parcela dos recursos públicos, e entendo que todo gestor precisa agir com o devido cuidado, mas também é inquestionável o respeito que a educação e a carreira do magistério merecem.  Nossa proposta é construir um projeto de cidade educadora e não existe educação sem o professor sendo respeitado”, comentou.