Casamentos comunitários para pessoas com baixa renda são realizados no município de São Cristóvão

28/07/2021 - 16:57 Atualizado há 16 horas



A ação foi iniciada antes da pandemia, com a ideia de fazer um evento grande para que as pessoas realizassem seus casamentos e regularizarem a união estável. As cerimônias são organizadas pela Secretaria de Governo e Relações Comunitárias.

 

Juntos há 10 anos, Célia Silva e Jorge de Jesus, estão realizando um sonho que sempre acabava sendo interrompido, por diversas questões. Para Célia “é uma iniciativa muito boa, né? Nós estamos desempregados e nesse momento não teríamos como arcar com um casamento, temos três filhos e outras responsabilidades, e aí precisamos escolher entre casar ou sustentar os filhos e pagar as contas. Temos 10 anos juntos, sempre sonhamos, mas nunca casamos. Então agora chegou a oportunidade e eu só agradeço a Deus”

 

 

Outro casal que oficializou a união foi Tiago dos Anjos e Emylie Dantas, de 31 e 22 anos, respectivamente. Tiago, que é carpinteiro e está sem emprego no momento, agradece pela oportunidade. “Muitas vezes tem gente que sonha em se casar, mas não tem condições de arcar com todas as taxas. Muitas vezes quem esteve à frente do Poder Público não tinha essa sensibilidade, mas agora está sendo gratificante poder realizar o nosso sonho através desse apoio’, disse.

 

 

“Eu acho ótimo, porque muita gente precisa e não tem condição. Por exemplo, eu tenho minha profissão, mas não tenho como pagar porque tá muito difícil. A Prefeitura ajudando a comunidade é muito bom, porque se a gente fosse pagar todas as taxas não ia ter como. Espero que a Prefeitura de São Cristóvão dê continuidade a essa iniciativa porque é muito gratificante”, disse Cleana da Conceição. Juntamente com José Carlos Barbosa, eles foram o último casal do dia a oficializaram a união com o apoio da Prefeitura de São Cristóvão.

 

 

 

Fotos: Dani Santos