Campanha de vacinação contra Influenza é prorrogada até 30 de junho

02/06/2020 - 14:57 Atualizado há 14 horas



A 22ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza foi prorrogada até o dia 30 de junho.  Em São Cristóvão, a imunização ocorre em todas as Unidades de Saúde. A prorrogação do prazo para a vacinação é mais uma oportunidade para que as pessoas que pertencem grupos prioritários possam receber a vacina.

 

“A campanha teve três fases, sendo que a terceira fase (dividida em duas etapas) seria finalizada no dia 5 de junho. Porém, segundo o Ministério da Saúde, o baixo índice de vacinação de alguns grupos prioritários motivou a prorrogação da campanha. É de grande importância que as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários e que ainda não se vacinaram procurem a Unidade de Saúde mais próxima do município. Vale destacar que a vacina reduz as complicações, internações e óbitos por influenza.”, afirmou a gerente de imunização da Secretaria de Saúde, Juscimara Cristina dos Santos.

 

A imunização destina-se para pessoas de 60 anos e mais de idade, trabalhadores da saúde, profissionais das forças de segurança e salvamento, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, motorista e cobrador de transporte coletivo, portuários, povos indígenas, crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade, pessoas com deficiência, gestantes, puérperas até 45 dias, adultos de 55 a 59 anos de idade e professores das escolas públicas e privadas.

 

Em São Cristóvão, até o dia 1º de junho, foram vacinadas 20.413 pessoas de todos os grupos. Desses, 15.251 mil são grupos prioritários da campanha. Sabendo que a meta para ser alcançada em cada público prioritário é de 90%, apenas os grupos dos trabalhadores da saúde (139,76%) e dos idosos (108,31%) ultrapassaram a porcentagem. No público de crianças vacinadas foi de 55,37%, enquanto que, entre as gestantes, a adesão foi de 43,69% e entre as puérperas, 71,34% foram vacinados, e a taxa de imunização entre os adultos de 55 a 59 anos foi de 44,68%.  

 

Influenza

 

A influenza é uma doença viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais e também pode causar pandemias. Uma pessoa pode contraí-la várias vezes ao longo da vida.

 

A transmissão ocorre a partir de gotículas de pessoas doentes ao espirrar, tossir, falar ou respirar próximo de pessoas sem imunidade contra o vírus. Existem quatro tipos de vírus: A, B, C e D.

 

Foto: Heitor Xavier