Prefeitura de São Cristóvão divulga edital para credenciamento de MEIs que prestarão serviços ao município

02/06/2021 - 19:03 Atualizado há 4 horas



A Prefeitura de São Cristóvão, por intermédio da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast), divulgou o edital de chamamento público para o credenciamento de Microempreendedores Individuais (MEIs). A iniciativa tem o intuito de gerar oportunidades para os MEIs que estão enfrentando dificuldades durante a pandemia, sobretudo aqueles residentes em São Cristóvão. Os profissionais convocados prestarão serviços nos prédios e equipamentos públicos da Administração Municipal.

 

Serão convocados profissionais que atuam em 13 tipos atividades, sendo estas: Corte e Costura, Artesanato (Bordado), Artesanato Crochê, Pachtwork e Fuxico, Artesanato Oficina Criativa, Pintura, Pedreiro, Carpintaria, Jardinagem, Serralheria, Elétrica, Digitação, equipamentos eletroeletrônicos, hidráulica, Calceteiro e Arte e Cultura (dança, teatro, música, desenho e pintura).

 

Todos os interessados deverão apresentar solicitação de credenciamento a partir do dia 08 de junho de 2021 das 8h às 14h, junto à Comissão de Credenciamento, na sede da Semast, que está situada na Rua Almirante Amintas Jorge S/N, Centro Histórico. Dúvidas podem ser sanadas através do (79) 99888-9268.

 

O Credenciamento ocorrerá em regime de rodízio por ordem cronológica, possibilitando a participação e inclusão de todos os Microempreendedores Individuais estabelecidos no município que se encontrem habilitados para a prestação dos serviços definidos no Edital de Chamamento Público nº 01/2021. Acesse todos os detalhes do edital neste link: https://bit.ly/3uGGgDT.

 

Quem pode participar?

 

Poderão participar desse Credenciamento, prioritariamente, os Microempreendedores Individuais que: possuam sede no município de São Cristóvão e povoados pertencentes ao município de São Cristóvão; estejam devidamente formalizados no Portal do Microempreendedor Individual; as atividades executadas pelo Microempreendedor Individual estejam contempladas no edital.

 

De acordo com Neusa Malheiros, responsável pela Diretoria Municipal do Trabalho, para os profissionais que ainda não atuam como MEIs e desejam participar do edital, a Semast realiza orientação para que o interessado possa se tornar um microempreendedor e posteriormente se cadastre às vagas.

 

“O interessado deve buscar a Semast que nossos agentes de desenvolvimento que irão atender esse potencial microempreendedor. Após realização do procedimento para que ele se torne um MEI, o indivíduo poderá se credenciar no edital para prestar serviços ao município. É outra possibilidade de estimular a própria formalização de quem está na informalidade”, detalhou Neusa.

 

Neusa Malheiros, responsável pela Diretoria do Trabalho da Semast

 

Geração de renda

 

A secretária municipal de Assistência Social e do Trabalho, Lucianne Rocha, detalha que o credenciamento é uma das estratégias que o município encontrou para gerar renda para sua população neste momento de necessidade socioeconômica. “O credenciamento permite que o órgão público consiga fazer que o profissional autônomo acesse uma renda através do exercício da sua profissão”, informou Lucianne.

 

Segundo a secretária, o credenciamento é algo que traz benefícios para o município, para a população e para o órgão público. “O edital prevê a prioridade para moradores da cidade, ou seja, ocorre a geração de renda para aquele autônomo que vai fazer suas compras aqui, fazendo o dinheiro circular na cidade. Além disso, o órgão público consegue resolver as demandas mais rapidamente através da contratação dos MEIs. São três ganhos importantíssimos, que refletem diretamente na qualidade vida da população e no serviço que é prestado à população, já que o trabalho dos MEIs será realizado nas repartições do município”, finalizou a secretária da Semast.

 

Lucianne Rocha, secretária da Semast

 

Fotos: Dani Santos