Cursos ofertados pelo SENAI e Prefeitura preparam sancristovenses para o mercado de trabalho

16/02/2022 - 18:41 Atualizado há 2 dias



Ofertar oportunidades para que a população esteja preparada para adentrar ao mercado de trabalho é um dos principais objetivos da Prefeitura de São Cristóvão. Neste sentido, em parceria com o Serviço de Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), a administração municipal está ofertando cursos profissionalizantes para 170 moradores da Cidade Mãe de Sergipe.

 

Esta já é a terceira vez que o projeto do SENAI aporta em São Cristóvão nos últimos cinco anos, o que exemplifica o compromisso da gestão em estreitar parcerias com instituições que colaborem com a qualificação profissional dos moradores do município. Quem sabe bem disto é o aluno do curso de Informática Básica, Breno Menezes Rodrigues.

 

Morador do Eduardo Gomes, Breno foi um dos sancristovenses que participaram da turma do curso de eletricista ofertado em 2019. Com o aprendizado adquirido à época, passou a atuar na área nos últimos anos e agora busca novas oportunidades no mercado de trabalho através da capacitação em Informática Básica. Para ele, essas são oportunidades importantes para os jovens do município.

 

Aluno do curso de Informática Básica, Breno Menezes Rodrigues

 

“Essa é uma oportunidade que às vezes é difícil de encontrar. Para quem é jovem ou adolescente, principalmente para aqueles que não têm condições de pagar por um curso, essa é uma ótima chance para que a gente possa crescer profissionalmente, no mercado de trabalho e também em nossa comunidade para que sejamos exemplos para nossos amigos e colegas”, apontou Breno.

 

Outros cursos

 

Além do curso de Informática Básica, também estão sendo ofertadas as aulas para as seguintes áreas: Soldador e Arco Elétrico, Eletricista Instalador Industrial, Confecção de Lingerie e Moda Praia e o curso de Mecânico de Manutenção em Motocicletas. Cada curso tem a carga horária de 160h e é composto por duas turmas, sendo uma pela manhã e outra no período da tarde.

 

João Gonçalves, instrutor do Curso de Confecção 

 

Responsável por orientar os alunos no curso de Confecção, o instrutor João Gonçalves explicou que a ideia da capacitação é preparar os sancristovenses para que possam atuar tanto em indústrias do ramo têxtil, quanto nas suas próprias residências. “Esse curso tem 40 dias úteis de duração, onde temos a parte teórica e prática. Nossa ideia é formar profissionais para o mercado de trabalho, e dar oportunidade para que elas possam trabalhar também em casa, falando sobre as possibilidades existentes na costura”, detalhou o instrutor.

 

A artesã Analiese dos Santos, contou que já participou de outro curso de costura ofertado pela Prefeitura, mas viu a oportunidade de aperfeiçoar ainda mais seu trabalho e resolveu se inscrever no curso de Confecção de Lingerie e Moda Praia. Para ela, “muitas pessoas querem aprender e não tem condições de pagar, então essa é uma oportunidade que a Prefeitura está dando para a gente se profissionalizar, de ter um meio de trabalho para conseguirmos nossa renda”, apontou.

 

 Analiese dos Santos, artesã

 

Compromisso da gestão

 

A diretora da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast), Neusa Malheiros, reforçou que nos últimos anos o município vem criando um ambiente propício ao desenvolvimento econômico através de políticas que estimulam a ocupação dos postos de trabalho que estão disponíveis no mercado, assim como no que diz respeito ao empreendedorismo e o fortalecimento dos negócios locais.

 

Neusa também declarou que diante do atual cenário do país e da exigência do mercado de trabalho “a qualificação profissional é a ferramenta fundamental para melhorar o desempenho das pessoas, suprir as demandas do mercado em relação a esses profissionais qualificados. Por isso a importância do município estar investindo, principalmente nesse período da pandemia para qualificar a população”, finalizou.

 

Fotos: Heitor Xavier