Prefeito se reúne com presidente da Sergas para implantar rede de gás no Distrito Industrial de São Cristóvão

02/03/2021 - 18:08 Atualizado há 9 horas



O prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana, participou de uma reunião nesta terça-feira (2), com o presidente da Sergipe Gás S/A (Sergas), Valmor Chagas, para discutir a implantação de uma rede de gás no Distrito Industrial do município. O encontro contou com a participação do secretário municipal de planejamento, orçamento e gestão, Josenito Oliveira.

 

Segundo o prefeito, a visita ocorreu a partir da necessidade de levar o gás para a área do Distrito Industrial, na medida em que algumas empresas podem precisar fazer uso do material, seja como combustível ou matéria prima.  “Nós não queremos disponibilizar somente o terreno, para atrair empresas nós temos que criar infraestrutura logística, disponibilizar gás, energia elétrica, água. Hoje foi mais uma parte das etapas que nós estamos cumprindo, para fazer com que o Distrito Industrial de São Cristóvão seja ocupado por empresas, e para que isso aconteça, o gás é fundamental”, explicou o prefeito. 

 

 

O gestor também aproveitou a oportunidade para falar sobre as ações que pretende desenvolver no município, visando a geração de emprego, renda e a atração de turistas para a cidade histórica.

 

O presidente da Sergas, Valmor Chagas, elogiou a iniciativa do prefeito em buscar a o apoio da instituição, e informou que será feito um estudo para verificar as alternativas para implantação da rede de gás. “A Sergas está aberta. Deixei claro para o prefeito e para o secretário que nós vamos estudar, porque uma das metas da Sergas é a questão da interiorização, levar o gás para os municípios que ainda não recebem, que não tem o gás natural”, detalhou o presidente. 

 

 

De acordo com o secretário municipal de planejamento, orçamento e gestão, Josenito Oliveira, após a reunião, o município enviará um ofício com as solicitações colocadas no encontro. “Vamos oficializar através de um ofício e fazer nossas reivindicações, para a partir daí os técnicos da Sergas verificarem a viabilidade de uma alternativa, seja através do gasoduto ou de outra alternativa para que o gás seja fornecido no Distrito Industrial”.

 

Na ocasião, o secretário também apresentou ao presidente da Sergas o Programa de Desenvolvimento Econômico de São Cristóvão (PRODESC), que segundo o secretário “é um programa amplo e que vai atingir todo o segmento econômico, não só industrial, mas comercial, de serviços e também agropecuária do município de São Cristóvão”, declarou.

 

Fotos: Dani Santos