Prefeito participa de reunião que define o percurso da peregrinação Caminho de Santa Dulce

30/11/2021 - 18:36 Atualizado há 14 horas



O prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana, participou na manhã de hoje, 30, de um encontro para avançar mais uma etapa no projeto Caminho de Santa Dulce dos Pobres, que visa fortalecer o turismo religioso do estado e disseminar a história da santa, que tem uma relação estreita com o estado de Sergipe, especialmente com o município de São Cristóvão, lugar onde iniciou sua vida religiosa e morou por quase um ano. 

 

A ocasião também reuniu o governador Belivaldo Chagas, o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, o arcebispo de Aracaju, Dom João José Costa e a equipe do ProjetarSE, que apresentou duas propostas de itinerário, cuja escolha ficou a critério do arcebispo, que contou com a ajuda de todos os envolvidos para a avaliação dos prós e contras das opções apresentadas, além dos possíveis ajustes futuros. A aprovação foi unânime, sob os critérios de custo, facilidade de execução e segurança da população. 

 

Serão 16,9 km de percurso, que correspondem a 3h de caminhada. Os fiéis sairão da Paróquia Irmã Dulce dos Pobres, no bairro Aruana, em Aracaju, passarão por regiões de povoamento, a exemplo dos povoados Caípe Novo, Candeal e o bairro Romualdo Prado, lugar em que fica o Cristo Redentor. Todos estes locais fazem parte da cidade de São Cristóvão, onde será finalizada a peregrinação. 

 

Projeto do Caminho de Santa Dulce

 

Marcos Santana avaliou a escolha como um novo presente para a população da cidade, que vai além da fé e do atrativo turístico. “Eu estou muito satisfeito, porque finalmente chegamos à definição do trajeto. Inclusive, quero ressaltar que a contribuição adicional dessa escolha para o nosso povo é que esse caminho vai permitir com que os povoados Caípe Novo e Candeal passem a ter as vias pavimentadas. O percurso escolhido agora tem uma importância que transcende a questão puramente religiosa e a questão do objetivo original do Caminho de Santa Dulce”, salientou o prefeito.

 

Marcos Santana, prefeito de São Cristóvão

 

De acordo com o projeto apresentado pelo ProjetarSE, núcleo que presta apoio técnico às prefeituras do estado, o caminho de peregrinação terá todo o aparato estrutural para o conforto e a segurança dos peregrinos. Para Shirley Dantas, coordenadora do ProjetarSE, “a escolha foi por uma estrada que já existe, mas que vai ser toda estruturada,  com pontos de apoio, banheiros, lanchonetes, lojas de souvenir, estacionamento, estações de orações, locais para descanso, espaço de embarque e desembarque, além dos marcos temporais que retratarão toda a história de vida da Santa Dulce”, detalhou.  

 

Shirley Dantas, coordenadora do ProjetarSE

 

O aporte financeiro para a realização da obra está assegurado pelo governo do estado e o governador Belivaldo Chagas acredita no projeto como uma maneira de fomentar o turismo de um  modo geral. “Estávamos esperançosos por uma definição e graças a Deus aconteceu no dia de hoje. A rodovia escolhida será um novo acesso que conecta Aracaju à cidade de São Cristóvão e a ideia é que a gente tenha um caminho para ser explorado todos os dias e não apenas uma vez por ano. Ficou muito boa essa decisão, agora vamos avançar com o projeto para que ele fique pronto o mais rápido possível”, pontuou. 

 

Belivaldo Chagas, governador de Sergipe

 

 

Fotos: Dani Santos