Art al Vent: artistas sancristovenses expõem na Espanha

18/08/2021 - 17:59 Atualizado há 7 horas



A Coletiva Crochê-te-ando, formada por artistas dedicadas à arte do crochê e demais pontos de bordados artísticos em São Cristovão, está expondo na Espanha com quatro obras de arte, em formato de painéis, com temáticas relacionadas às questões sociais, ambientais e também sobre o patrimônio histórico. Esta será a 18ª edição do 'Art al Vent', que neste ano vem homenageando a artista plástica espanhola, Pepa Caselles. São Cristóvão é a única cidade brasileira a fazer parte do evento.

 


“Participo com uma obra individual, onde faço uma reverência à nossa Praça São Francisco, e ao patrimônio histórico de nossa cidade; e em outra obra feita juntamente com a Coletiva Crochê-te-ando. Agradeço ao nosso produtor Jhon Eldon, que descobriu esse edital na Espanha e nos incentivou a participarmos todas. Agradeço por este momento, em ver meu trabalho sendo selecionado para uma exposição fora do Brasil. Esse evento traz um reconhecimento no exterior, e me motiva a fazer mais trabalhos com crochê e me aperfeiçoar para participar de outros mais, tanto no Brasil quanto no estrangeiro”, disse Simone Gonçalves de Souza, uma das artistas sancristovenses a expor no 'Art al Vent'.


Segundo contou o produtor Jhon Eldon, em 2020, uma das artistas da Coletiva Crochê-te-ando já tinha participado enviando uma obra particular, mas em 2021, após uma mobilização do grupo, e a partir do Projeto Linhas de São Cristóvão, a participação sancristovense foi intensificada, resultando em quatro obras selecionadas.

 


“Meu trabalho com este grupo, além de participante da obra coletiva, foi de operacionalizar o trabalho dessas artistas e, juntamente, com o apoio da Prefeitura de São Cristóvão enviar esse material para a Espanha. Dentro da Coletiva Crochê-te-ando estamos trabalhando de forma a instigarmos a criatividade individual e também em conjunto. A participação no Art al Vent é resultado dessa união”, frisou Jhon Eldon.

 

 

Além de viabilizar o envio das obras, através do respaldo da Fundação Municipal de Cultural e Turismo João Bebe-Água (Fumctur), a Prefeitura de São Cristóvão também apoiou a Coletiva Crochê-te-ando, através das ações da Casa da Costura Dona Zil, e do respaldo técnico dos agentes da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast).

 


De acordo com diretora municipal de trabalho, Neusa Malheiros, os painéis são resultados de um desdobramento do Projeto Linhas de São Cristóvão, que acabou facilitando a formação da Coletiva Crochê-te-ando. “Esse grupo, em articulação, iniciada lá em 2020, na Casa da Costura, desenvolveu o projeto de arte contemporânea, envolvendo o crochê e a arte têxtil, chamado de "Linhas de São Cristóvão". Tornando-se assim um Projeto de Extensão pela UFS, sob a orientação da Professora Rosane Bezerra. É importante salientar que a Coletiva recebeu o apoio da Lei Aldir Blanc, através do trabalho da Fumctur João Bebe-Água”, explicou.

 


Neusa também enfatizou a importância das artistas de São Cristóvão estarem expondo fora do Brasil. “Estas obras foram produzidas por processos criativos autônomos, autorais individuais e coletivos, num formato de produção colaborativa, que resultou nesses painéis belíssimos expostos pelas ruas da Espanha. Preciso informar ainda que aqui no município também teremos a inauguração de uma exposição, fruto do Projeto Linhas de São Cristóvão, iniciativa que teve o apoio da Lei Aldir Blanc”, pontuou a diretora do trabalho da Semast.

 


Além de Simone Gonçalves de Souza, participaram das obras: Flávia Santana, Márcia Rodrigues, Jhon Eldon, Claudice Moura, Shirley Melo, Rosane Bezerra e Sérgio Freitas. Os painéis sancristovenses ficarão expostos na Espanha até o dia 14 de setembro.


Art al Vent

 

As 59 obras do 'Art al Vent podem ser conferidas ao longo da rua La Bassa de Gata Gorgos, na Espanha. Além da Espanha, expõem também Itália, Argentina, Brasil, Polônia, México, Reino Unido, EUA, Chile, Alemanha, Egito, Polônia, Suécia e Holanda.

 

 


Fotos: enviadas pela Coletiva Crochê-te-ando.