Volta às aulas: Semed adquire novos materiais para a rede municipal de ensino em São Cristóvão

01/08/2022 - 12:01 Atualizado há 18 horas



A Prefeitura de São Cristóvão, através da Secretaria Municipal de Educação (Semed), adquiriu um novo mobiliário escolar para as escolas da rede municipal de ensino, num investimento pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) no valor aproximado de R$ 2.932.295,00 milhões, que atenderá todas as escolas do município. Os alunos retornam às aulas, após o período de férias, na próxima terça-feira (02) com mais conforto ainda.

 

Segundo o diretor administrativo e financeiro da Semed, Cláudio da Hora, foram adquiridos materiais como cadeira universitária, conjunto professor, conjunto aluno, conjunto refeitório tamanho adulto e infantil feitos em resina plástica ABS, reconhecidos no mercado por sua boa resistência, durabilidade, além de serem recicláveis. “O investimento em infraestrutura escolar visa principalmente atrair os alunos para a sala de aula e aumentar o desempenho deles, assim como manter os docentes motivados e ensinar com comprometimento. Isso possibilitará a Semed cumprir o seu papel principal com a população sancristovense que é de aumentar a qualidade de ensino no município”, explicou.

 

Claúdio da Hora, diretor financeiro e administrativo da Semed

 

Ambiente adequado para os alunos

 

Para a secretária da educação, Deise Barroso, é um grande prazer entregar aos alunos um material resistente e de qualidade, proporcionando mais conforto nas escolas. “É uma escola que vai ficar de cara nova, então para o aluno é mais um motivo para gostarem de estar ali, e ajuda no aprendizado porque quando a criança chega e encontra um lugar bonito e harmonioso é muito bom”, disse.

 

Deise Barroso, secretária de educação 

 

Representando uma das escolas contempladas, a diretora da EMEF Gina Franco, Daniela Melo, comentou sobre o recebimento dos novos materiais. “Isso para os alunos e os professores é muito bom, além de estimular a vontade das crianças em estudar. Com esse retorno vai ser melhor ainda porque será uma surpresa para eles”, finalizou.

 

Daniela Melo, diretora da EMEF Gina Franco

 

Fotos: Dani Santos