SMTT realiza palestra educativa com condutores de transportes do município

14/07/2021 - 16:48 Atualizado há 15 horas



Seguindo todos os protocolos sanitários estabelecidos, com distanciamento de cadeiras e disponibilização de álcool em gel, a Superintendência de Trânsito e Transporte (SMTT-SC) realizou uma palestra educativa, nesta terça-feira (14), para os condutores de veículos da Prefeitura de São Cristóvão. Realizada no Paço Municipal, o objetivo da palestra foi ampliar os conhecimentos dos motoristas sobre as normas e atualizações que regem o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

 

 

Segundo Nilton José, superintendente de trânsito e transporte do município, o momento serviu para a SMTT apresentar a atualização do Código de Trânsito e também comentar acerca das principais infrações cometidas pelos condutores. “O CTB sofre mudanças constantes, então nós apresentamos a última atualização que foi feita em abril e, também, comentamos acerca das infrações mais recorrentes, aquelas que mais acontecem com os motoristas do município”, falou Nilton.

 

Superintendente de trânsito Nilton José

 

As principais mudanças sofridas pelo Código de Trânsito Brasileiro através da Lei nº 14.071/2020 estão relacionadas ao motorista, como o aumento do limite de pontuação da CNH de 20 para 40 pontos, o aumento da validade da CNH de cinco para dez anos e também a possibilidade de pagar multas com 40% de desconto. “É muito importante eles estarem cientes dessas alterações, porque vai evitar que cometam infrações, como também ficam cientes dos direitos e evitam acidentes no nosso município”, finalizou o superintendente.

 

 

O diretor de transporte do município, Marcos Lima, salientou que toda a mobilidade dos órgãos da prefeitura acontece através dos condutores, e por isso a formação e conscientização acerca dos novos pontos do CTB se faz necessário. “Os motoristas da prefeitura não estão isentos de serem autuados, então nós queremos criar essa rotina de cuidado e de zelo pelo trabalho e pela vida. Temos motoristas que transportam equipes médicas, psicólogos, pacientes, profissionais de diversos setores da assistência social, toda essa atuação é feita graças ao motorista. Então ele precisa ter um olhar de responsabilidade e de valorização”, explicou Marcos Lima.

 

Marcos Lima, diretor de transporte

 

Para Eliaquim Fontes, motorista da prefeitura, a palestra educativa foi muito esclarecedora e ajudou a elucidar algumas dúvidas quanto ao trânsito. “Foi bom porque nos lembrou de algumas coisas que a gente esqueceu, e também apresentou novos pontos que foram adicionados. Falamos sobre questões de condução como ultrapassagens, abordagens e acidentes”, finalizou.

 

Eliaquim Fontes, Motorista

 

 

 

Fotos: Inácio Prado