SMTT de São Cristóvão e Guarda Municipal de Aracaju levam teatro de fantoches para colégio do Eduardo Gomes

18/11/2021 - 16:41 Atualizado há 2 horas



Em continuidade às atividades do Projeto Educar PRF, a Superintendência Municipal de Trânsito e Transporte de São Cristóvão (SMTT/SC) realizou nesta quinta-feira (18), uma atividade educativa com os alunos do Colégio Alternativo, no bairro Eduardo Gomes. A ação contou com a parceria da Guarda Municipal de Aracaju, que levou o teatro de fantoches “Anjos Azuis” para interagir com as crianças e orientar sobre as leis de trânsito.

 

Iniciativa da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em parceria com diversos órgãos ligados ao trânsito, o projeto tem como objetivo estimular as ações educativas para enfrentar a violência no trânsito buscando conscientizar os futuros condutores.

 

 

Este ano o projeto foi levado para três colégios particulares de São Cristóvão, e segundo diretora de educação para o trânsito da SMTT, Rose Oliveira, a intenção é levar as atividades para as 30 escolas públicas municipais em 2022. Ela detalha que São Cristóvão possui altos índices de acidentes nas vias, sendo o 5° município sergipano com maior número de casos, e de acordo com a diretora, através do projeto será possível reduzir essa incidência.

 

“O efeito da educação para o trânsito que é feito nas cidades reflete nas BRs, por isso nós nos somamos a esse projeto com o objetivo de reduzir os índices de acidentes no próximo ano. Percebemos que surte mais efeito a correção da criança com os pais do que com o agente de trânsito na rua, por isso trabalhamos com os alunos nas escolas, e eles acabam levando esse conhecimento para casa. Já estamos sentindo também uma aproximação do agente com a criança, já que antes eles tinham medo dos profissionais”, explicou.

 

Rose Oliveira, diretora da SMTT

 

Uma das responsáveis pelo grupo de teatro “Anjos Azuis”, a GM3 Valéria Oliveira ressaltou a importância de levar o conhecimento sobre a educação para o trânsito e outros temas de maneira lúdica. “Nós buscamos levar informação de qualidade, sobre comportamento, trânsito, bullying, diversidade familiar, e outros temas através do lúdico. Queremos alcançar esse público que normalmente não é atingido de maneira mais formal, para que mais à frente possamos colher essas sementes, e essas crianças se tornem adultos mais conscientes e responsáveis”, destacou.

 

Valéria Oliveira, Guarda Municipal

 

Recepção

 

Os alunos lotaram a quadra de esportes do colégio e interagiram com os personagens apresentados pelo grupo Anjos Azuis. Para Tathiany Melo, professora de língua portuguesa da instituição, atividades como essas, realizadas de maneira lúdica faz com que as crianças compreendam e perpetuem as informações que recebem.

 

Tathiany Melo, professora

 

“É uma iniciativa maravilhosa e que realmente produz frutos. Isso faz com que eles sejam multiplicadores em casa ou em qualquer ambiente que eles estejam. Nós já percebemos que durante a execução do projeto, que vem ocorrendo nas últimas semanas, os alunos já aprenderam questões como a sinalização, faixa de pedestres, uso do cinto, e isso eles acabam levando para fora da escola também”, falou a professora.

 

O projeto Educar PRF também conta com a participação de parceiros como a Polícia Militar do Estado de Sergipe (PMSE), o Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv) e a Companhia de Polícia de Trânsito (CPTran). A culminância da ação no Colégio Alternativo será realizada na próxima semana.

 

Fotos: Dani Santos