SMTT de São Cristóvão distribui máscaras e organiza espaços públicos

28/05/2020 - 14:12 Atualizado há 6 horas



Dentro das políticas da gestão municipal de combate ao coronavírus, a Prefeitura de São Cristóvão, através da Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), vem atuando nos espaços públicos através de ações de conscientização popular. Durante esta semana, os agentes de trânsito estão monotirando, fazendo blitz e também abordados cidadãos sempre orientando como se comportar diante da pandemia. Na última terça, 05, por exemplo, a equipe da SMTT distribuiu máscaras aos motoristas que passaram pela porta da Universidade Federal de Sergipe (UFS) contemplando também as pessoas que estavam no terminal.

 

“Desde às 6h30 nossa equipe já estava na região da UFS nesta ação. A SMTT de São Cristóvão promove essas blitz educativas para reforçar a conscientização nos cuidados para evitar assim a proliferação do coronavírus. Para tanto, nossos agentes pararam ônibus, táxis e pessoas que circulavam nos comércios da região, sempre com orientações sobre a distância segura e uso do álcool gel , bem como fiscalização no uso das máscaras”, informou Rose Oliveira, diretora de trânsito.

 

Segundo o superintendente da SMTT, Nilton José dos Santos, as máscaras foram doadas as pessoas que não estavam usando. “Fomos bem recebidos pelos motoristas e pelas pessoas que abordamos no terminal rodoviário. Todos agradeceram o empenho e dedicação com que a equipe da SMTT vem atuando neste momento, sempre priorizando a conscientização”, disse.

 

 

As ações se repetem de segunda a sexta, sempre das 6h30 às 8h, no Terminal Rodoviário da UFS. Na sequencia é a vez da população do Centro Histórico receber o auxílio dos agentes da SMTT. “Também estamos fazendo duas blitz grandes em frente á UFS no final da tarde, parando carros, ônibus e pedestres para a distribuição de mais máscaras, que foram doadas”, completou Rose.

 

 

Distanciamento Social

 

 

Para evitar aglomerações, os agentes da SMTT também atuam nas demarcações dos espaços públicos, portas de bancos e locais de pagamentos. Nesta semana, evitando a formação de público em determinados pontos do Centro Histórico, os agentes demarcaram as áreas nas proximidades de bancos, casa lotérica e calçadão, promovendo o distanciamento social.