Semed realiza formação continuada com cuidadores e estagiários

01/10/2021 - 12:19 Atualizado há 22 horas



A Secretaria Municipal de Educação (Semed) realizou na manhã desta quinta-feira (30), uma formação continuada com estagiários e educadores/cuidadores. O encontro que aconteceu no Salão dos Carmelitas teve o intuito de orientar esses profissionais que auxiliam os professores nas atividades pedagógicas.

 

De acordo com a secretária de Educação, Quitéria de Barros, os cuidadores e estagiários estão sendo integrados à Rede Municipal de Ensino para trabalhar a recomposição de aprendizagens que foram perdidas ou que ficaram para trás no período mais grave da pandemia da Covid-19.

 

 “Para além de um professor em sala de aula, nós estamos ampliando o tempo do aluno na escola, com a recomposição de aprendizagem em um segundo turno. O aluno que estuda pela manhã almoça na escola e fica à tarde para essa recomposição. Isso vale especialmente para o bloco de Alfabetização e Letramento, o Fundamental I e o Fundamental II”, declarou a secretária.  

 

Quitéria de Barros, secretária de Educação

 

Ela detalha que a intenção é que essas turmas tenham um tratamento intensificado para recompor as aprendizagens perdidas, visto que eles passarão para uma nova etapa de ensino no ano seguinte. “Nosso cuidado é para que essas crianças não saiam dessas etapas de ensino sem que estejam asseguradas as condições para que elas possam prosseguir. Esses profissionais que se integram hoje à Rede são pessoas que passarão a trabalhar nesse novo tempo escolar”, acrescentou Quitéria.

 

Palestras

 

A formação contou com a palestra sobre “Estratégias de alfabetização”, ministrada pela professora Mirianne Almeida. Segundo ela, o objetivo foi pensar a educação em São Cristóvão e os processos de alfabetização que precisam ocorrer com qualidade. “Esse é um momento de pensarmos sobre isso, trabalhar teoricamente, pensar as demandas da escola, do contexto e articular práticas futuras com os estagiários que são parceiros dos professores nesse processo de alfabetização”, explicou.

 

Professora Mirianne Almeida

 

Em seguida, o coordenador dos anos iniciais da Semed, Andrey César Louzada, falou sobre e “Matrizes de referência SAEB e SAESE e avaliações externas”. De acordo com ele, “essas são duas avaliações externas partem de uma matriz de referência que são objetos de conhecimento sob o qual os alunos serão avaliados. Também trabalhamos as estratégias de atividades e questões que podem ser trabalhadas, com vistas a garantir as habilidades essenciais e o êxito nesses exames”, detalhou o coordenador da Semed.  

 

Coordenador dos anos iniciais da Semed, Andrey César

Fotos: Dani Santos