Semas traz debate sobre ansiedade e depressão na EMEF Araceles Rodrigues Correa

07/06/2022 - 16:48 Atualizado há 4 horas



Consideradas como o ‘mal do século’, transtornos como ansiedade e depressão geram alerta para a saúde mental e os adolescentes não estão fora disso, sendo uma das parcelas mais atingidas. Para entender esses temas, a Prefeitura de São Cristóvão, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semas), realiza o Programa Papo Jovem, fornecendo rodas de discussão sobre assuntos atuais com o auxílio de profissionais da área.

 

O encontro aconteceu na manhã desta terça-feira (07) na EMEF Araceles Rodrigues Correa, no Bairro Divinéia, com a participação da gerente do CAPS Valter Correa, Edjane Silva. Na ocasião, foram discutidas as diferenças entre os transtornos, principais sintomas e causas, além de formas de prevenção. 

 

 

 

A coordenadora de juventude do Semas, Monique Elen, explicou que a ansiedade e a depressão sempre estiveram presentes na sociedade, porém acabaram sendo acentuadas devido à pandemia, surgindo a necessidade de falar sobre esse assunto com os jovens. “É muito importante ter esse debate porque abre um leque de possibilidades para que a pessoa seja atendida da melhor maneira possível. Muitas dessas crianças não conhecem as causas, passam por algum transtorno e não sabem a quem recorrer ou procurar ajuda”, comentou. 

 

Monique Elen, coordenadora da juventude do Semas

 

Assim, a coordenadora ainda lembra dos canais de atendimento que existem em São Cristóvão, como os CAPS e os atendimentos clínicos oferecidos através do Centro de Especialidades, sendo formas de serviços disponíveis para a comunidade sancristovense. 

 

A gerente do CAPS Valter Correa, Edjane Mendes, considera importante uma equipe multidisciplinar que possa ajudar o paciente, formada por profissionais como psicólogo, psiquiatra e o assistente social. “Nós da equipe de saúde mental de São Cristóvão estamos tentando oferecer uma equipe multiprofissional para que as pessoas possam se fortalecer, e nisso, nós precisamos chegar junto à escola e à família, principalmente os pais, para que eles entendam que depressão e ansiedade não são frescura, mas que esse adolescente precisa ser escutado”, disse.

 

Edjane Mendes, gerente do CAPS Valter Correa

 

Rede de apoio

 

A aluna do 9º ano da EMEF Araceles Rodrigues Correa, Luci Carla, elogiou a ação e a considerou de grande aprendizado para a turma. “Isso vai poder ajudar um amigo num momento difícil e nos dá uma compreensão melhor, já que isso está sendo uma novidade para escola, muitos não conhecem esses transtornos, então essa ação traz esse entendimento”, concluiu.

 

Luci Carla, aluna

 

Isabele Souza da Silva é aluna da EMEF e agradeceu pela atitude da Semas em trazer esse papo às escolas. “É muito importante falar sobre isso porque muitas pessoas passam por essas questões. Eu mesma já tive ansiedade e é sempre bom saber que existem formas de tratamento”, finalizou.

 

Isabele Silva, aluna

 

O próximo Papo Jovem sobre ansiedade e depressão acontecerá na EMEF Araceles Rodrigues Correa às 14h.

 

Fotos: Dani Santos