Seguindo protocolos de biossegurança, escolas de São Cristóvão retomam aulas no formato presencial híbrido

07/07/2021 - 11:59 Atualizado há 1 dia



As escolas municipais de São Cristóvão retomaram na última segunda-feira (5), as aulas no formato presencial híbrido. Seguindo todos os protocolos de biossegurança para evitar a proliferação da Covid-19, as unidades de ensino estão adotando, conforme suas características, sistemas de rodízio das turmas.

 

Conforme as orientações da portaria Nº 247/2021, nas escolas com Educação Infantil e dos anos iniciais do Ensino Fundamental estão sendo feitas alternância de dias letivos para os estudantes com aulas presenciais para até 50% da turma. Nos anos finais do Ensino Fundamental as escolas estão realizando o rodízio das turmas diariamente ou semanalmente, atendendo as necessidades existentes em razão da sua oferta.

 

 

“As escolas se organizaram em torno de níveis e etapas de ensino, e receberão a quantidade de alunos conforme o que orientam os protocolos de segurança. Já quando os estudantes não estiverem em aula presencial estarão desenvolvendo atividades remotas orientadas pelos respectivos professores”, explicou a secretária municipal de educação, Quitéria de Barros.

 

A EMEF Lourival Batista, localizada no bairro Romualdo Prado, foi uma das escolas que retornaram com suas atividades presenciais. “Logo quando chegam à escola, nós aferimos a temperatura, eles fazem o uso do álcool gel para higienizar as mãos e seguem para a sala de aula onde ficam distanciados dos colegas de turma. Nossa escola está dividindo os alunos em dois grupos, cada grupo frequenta as aulas em dias alternados. Nos dias que eles não estão presencialmente, realizam as atividades em casa”, explicou a coordenadora Célia da Silva.

 

 

Protocolos de biossegurança

 

Seguindo a determinação da portaria municipal de nº 184/2021, todas as escolas municipais possuem: dispensers para álcool gel, adesivos de chão, carteiras e orientações nas paredes quanto à necessidade de uso de máscaras, distanciamento, número máximo de pessoas por ambiente além de equipamentos para aferição de temperatura.

 

Além disso, a Semed e a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) – dentro do Programa Saúde na Escola - entregaram aos alunos da Rede Municipal kits de segurança pessoal com máscara e garrafinha de água (squeeze).

 

Foram estabelecidos também protocolos de biossegurança no transporte escolar, tudo sob a orientação da Secretaria Municipal de Saúde. O cumprimento dos protocolos será  fiscalizado pelos comitês formados por professores, gestores, população e demais membros da comunidade escolar.

 

 

Fotos: Heitor Xavier