Secretaria de Educação se reúne com SINTESE e discutem retorno às aulas com segurança

04/02/2021 - 18:03 Atualizado há 2 dias



Na manhã desta quinta-feira, 04, representantes da Secretaria Municipal de Educação (Semed) se reuniram com integrantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe (SINTESE) para uma conversa sobre o retorno das aulas em São Cristóvão. O encontro faz parte dos protocolos que o sindicato vem empregando nos municípios sergipanos, para entender como as secretarias municipais estão trabalhando a questão da pandemia e, principalmente, como as escolas estão se programando para garantir a segurança de alunos e equipes administrativas.

 

“Em São Cristóvão estamos trabalhando em parceria com as secretarias municipais de saúde e assistência social para juntos alinharmos as políticas públicas do município no tocante à proteção das crianças. Desta forma já está decidido que as escolas terão protocolos específicos, levando em consideração pormenores como quantidade de alunos, posição geográfica da escola e acesso ao refeitório. No tocante à alimentação dos alunos, a priori, vamos trabalhar com alimentos individualizados, evitando o contato entre quem prepara e quem consome”, contou a secretária municipal de educação, Quitéria de Barros.

 

A secretária ainda pontuou que em São Cristóvão, a Semed vem trabalhando com busca ativa, monitorando os alunos que estão com dificuldade de aprendizado neste período de pandemia. “Após identificarmos esses alunos, nós conversamos com os pais e explicamos que os mesmos podem aderir ao reforço escolar que já estamos empregando em nossas escolas. Tudo isto para amenizarmos o déficit educacional de 2020, decorrente do coronavírus”, disse.

 

Até o próximo dia 11 de fevereiro, a Semed concluirá o ano letivo 2020 em São Cristóvão. A estimativa é que as aulas deste ano (2021) comecem a partir de março. Ainda de acordo com Quitéria de Barros, todo o protocolo educacional de volta às aulas poderá sofrer alteração mediante alterações no quadro da pandemia em São Cristóvão. “Trabalhamos em contato com as equipes da Secretaria Municipal de Saúde e qualquer alteração nós faremos mudanças no retorno das nossas aulas”, explicou.

 

Representando o SINTESE, a diretora Ivonia Aparecida Ferreira informou que a diretoria do sindicato está passando nos municípios, para entender como cada cidade vai trabalhar a prevenção contra a covid-19 assim que as aulas voltarem. “Estamos percebendo o quanto São Cristovão vem trabalhando para evitar a doença dentro das escolas, durante as aulas presenciais. Aqui no município já ficamos sabendo que a aula presencial só irá acontecer mediante a situação da doença no Brasil e em Sergipe. Agora vamos aguardar as próximas semanas para termos mais certeza sobre esse retorno”, frisou.

 

Saúde


Parte da equipe responsável pelos cuidados e prevenção contra a covid-19 da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) compareceu a reunião de hoje, e na ocasião, os representantes explicaram como o município vem trabalhando as informações referentes à doença. “O município está seguindo os protocolos nacionais e estaduais de vacinação, respeitando a lista de prioridades, que neste momento são as equipes de saúde. Professores e equipes da educação estão previstos para serem vacinados na quarta etapa (ainda sem prazo estipulado)”, informou a diretora de vigilância e atenção à saúde de São Cristóvão, Mayra Oliveira.

Fotos: Dani Santos.