#SãoCristóvãoNãoPara: um novo olhar para o Luiz Alves reflete em mais socialização para os moradores

07/08/2020 - 18:03 Atualizado há 4 dias



A Prefeitura de São Cristóvão levou inúmeros benefícios aos moradores do bairro Luiz Alves, sendo destacados neste contexto: a requalificação da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Raimundo Francisco dos Santos, a reforma total da Praça Marisa Letícia Lula da Silva, a pavimentação de ruas e uma avenidas, bem como a mudança de prédio da Unidade Básica de Saúde (que leva o nome do bairro), que passou a funcionar de forma mais estruturada, garantindo assim, 100% de cobertura de saúde aos moradores. O bairro Luiz Alves possui 786.939 m². A estimativa é que o local tenha cerca de 3.000 pessoas residindo ao longo de um complexo de 33 ruas.

Mapa do Tijuquinha

Priorizando espaços públicos equipados com instrumentos que permitem a socialização dos moradores, como academia a céu aberto, a Prefeitura de São Cristóvão investiu na reforma total da Praça Marisa Letícia Lula da Silva. A obra custou R$ 285.000,00, oriundos de recursos federal e municipal para a execução dos trabalhos. O projeto da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) contou com a reforma da quadra e instalação de equipamentos para práticas esportivas, parque infantil, além de um projeto paisagístico com gazebos, bancos e arquibancada, abrindo o espaço para pequenos eventos sociais, contribuindo desta forma para o desenvolvimento urbano dos residentes do bairro.

Marcos Santana

“O Luiz Alves foi um dos primeiros locais onde direcionamos nosso olhar e trabalho. A reforma desta praça foi algo discutido logo no início da gestão, a partir de recursos do deputado federal Fábio Reis. Era um espaço que incomodava muito por não ter urbanização, nem equipamento para atividade física. Esta foi a primeira praça que nossa gestão entregou ao povo de São Cristóvão, sendo uma obra que nos deixou bastante feliz, pela importância para todos os moradores, que agora têm um lugar equipado e qualificado. Criamos um espaço de convivência para todos os moradores, o que valorizou ainda mais o bairro”, avaliou o prefeito Marcos Santana.

Marisa Letícia Lula da Silva (foto de arquivo)

 

Contribuindo ainda mais para a mobilidade urbana, dentro do Luiz Alves, a Prefeitura de São Cristóvão concluiu a pavimentação em paralelepípedos e a implantação de meio-fio das ruas: G, 03, 04, H, São Francisco e avenida A (num projeto total de 4.003,78 m² de pavimentação e construção de 1.239 metros de meio-fio). Ao todo foram investidos cerca de R$ 300.000.

Luiz Alves

 

O bairro também vem recebendo manutenções de ruas constantemente, através do trabalho da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsurb), com destaques para as ruas: A, B, D e H, além de áreas públicas que semanalmente passam por limpezas e conservação. “Essas pavimentações e reparos diários trazem diretamente mais qualidade de vida para a população, que reside ou que usam essas ruas diariamente. Depois dos benefícios que empregamos no Luiz Alves, o bairro ficou mais funcional”, frisou, ainda o prefeito.

Luiz Alves

 

Iluminação. De acordo com o relatório de iluminação pública da gestão, no bairro Luiz Alves 70% das lâmpadas convencionais foram substituídas por led. Ao todo, no local, a Prefeitura de São Cristóvão instalou 26 pontos novos, e mais um poste, contemplando ao todo 23 ruas desta localidade. “É um trabalho constante, vamos abrangendo bairros e povoados gradativamente, sempre primando pela qualidade na iluminação. No Luiz Alves passamos pelas imediações da Rodovia João Bebe Água, bem como pelas principais ruas do bairro como: A, B, C, D, F, I, São Francisco, Castro Alves, Baixada Campos, além das avenidas A, B, C, E e travessas 1, 2, 3, 4, D, H E H1”, informou o diretor municipal de iluminação pública, Bruno da Hora Passos.

Iluminação

 

“Quando chovia era o maior problema nessas ruas. Muita lama, impossibilidade de sairmos de casa. Todos nós reclamávamos e nada das outras gestões resolverem os problemas do Luiz Alves. Hoje vemos tudo organizado e que essa prefeitura vem trabalhando para melhorar nosso bairro”, enfatizou o morador, Cícero Soares de Lima.

Cícero Soares de Lima

 

Saúde. Recentemente, a Secretaria Municipal de Saúde transferiu a Unidade Básica de Saúde Luiz Alves para um prédio novo. Com mais estrutura que o anterior, o local passou a ofertar mais salas de atendimentos, além de recepção equipada para receber os pacientes, e um consultório odontológico completo.

 

“Por conta da pandemia estamos operando em sistema de marcação, acompanhamento domiciliar para casos mais graves e com consultas pela manhã, sendo que na parte da tarde direcionamos os atendimentos para os casos de síndrome grupal. O atendimento odontológico está suspenso, enquanto a pandemia durar, mas já estamos avaliando retornar com as consultas e procedimentos. Sentimos que nosso atendimento melhorou em 95% em relação a nossa antiga estrutura”, falou a diretora da unidade, Joélia Ferreira.

EMEF Raimundo Francisco readequada

 

Educação. No setor educacional, as crianças do Luiz Alves e bairros vizinhos terão, após a pandemia da covid-19, um local totalmente estruturado, o que favorecerá tanto o convívio aluno e professor quanto refletirá na qualidade do ensino e no nível de aprendizagem. A Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Raimundo Francisco dos Santos ganhou forro novo, instalação de esquadrias de blindex, bancada de mármore nos banheiros, instalação de grades de proteção (janelas e ar condicionados), climatização das salas de aula e diretoria, além de revisão hidráulica, revisão elétrica, requalificação de espaços, revisão no telhado (substituição de telhas e calha), revestimento cerâmico em toda a escola e revisão nas das esquadrias de madeira e ferro.

Quitéria de Barros

 

Ao todo, foram investidos, com recursos próprios, R$ 220 mil em readequação do prédio e R$ 32 mil na compra de equipamentos. A EMEF Raimundo Francisco dos Santos atende cerca de 280 alunos. O prédio, que antes era composto por cinco salas, ao final da pandemia passará a funcionar com oito salas no total, todas equipadas e climatizadas. “Havia uma demanda reprimida nessa comunidade por matrícula. Nós conseguimos o prédio mais arejado, com áreas abertas, para que os alunos tenham um maior espaço de convivência. Infelizmente entregamos sem os alunos, por conta da pandemia, mas quando eles retornarem, nós ficaremos felizes em receber essas crianças em uma escola tão bonita e pensada para que eles sintam prazer em estudar”, declarou a secretária municipal de educação, Quitéria de Barros.

Lúcia

Para Lúcia Pereira, as melhorias que a Prefeitura de São Cristóvão vem empregando no bairro já estão refletindo positivamente no cotidiano dos moradores. “Moro há 10 anos no Luiz Alves e aqui enfrentávamos muitas dificuldades, ao longo dos últimos anos, e com as melhorias que esta gestão trouxe nosso bairro ficou elitizado. Esperamos que prefeitura melhore mais e mais a infraestrutura, porém, já temos significativas mudanças. Temos quadra de esporte, escola de excelência, iluminação maravilhosa em led. São muitas coisas que demonstram a preocupação da prefeitura com o nosso bairro. Vale a pena morar aqui e esperamos em Deus que mais melhorias cheguem logo ao Luiz Alves, que nosso bairro seja sempre prioridade para a prefeitura”, disse Lúcia.

 

Fotos: Arquivo Diretoria de Comunicação.