São Cristóvão sedia encontro entre equipe da FUNDAJ e outros municípios, para análise situacional do Cadastro Único e Programa Bolsa Família 

05/09/2023 - 17:45 Atualizado há 1 dia



Nesta terça-feira (05), a Prefeitura de São Cristóvão recebeu a Fundação Joaquim Nabuco (FUNDAJ), que apresentou os resultados da Análise Situacional do Cadastro Único (Cadúnico) e do Programa Bolsa Família de três municípios da Rede 10 Sergipe: Indiaroba, Moita Bonita e São Cristóvão. O evento aconteceu no Salão do Paço Municipal e reuniu representantes da FUNDAJ, autoridades municipais, gestores públicos e servidores da assistência social dos municípios reunidos. 

 

 

O CadaÚnico é uma ferramenta essencial para a identificação e seleção de famílias em situação de vulnerabilidade social, já o Programa Bolsa Família é um dos principais instrumentos de combate à pobreza no Brasil. De acordo com o coordenador do programa Rede 10 da Fundaj, Sérgio Kelner, a análise situacional avalia a eficácia desses programas, identificando desafios e oportunidades. “Estamos aqui para falar sobre a fase final do diagnóstico da situação do programa Bolsa Família nestas localidades, uma etapa importante para melhorar a gestão do programa a partir das informações que nós coletamos com estes servidores, em oficinas que foram realizadas no mês de maio”, disse. 

 

Sérgio Kelner, coordenador do programa Rede 10 da Fundaj

 

O coordenador destacou algumas conclusões, a partir do estudo realizado. “É preciso repensar o planejamento do Bolsa Família, principalmente no que se refere à geração de informações, sobretudo da autodeclaração de renda. É fundamental que se pense em transformar o programa em um programa permanente, em que as pessoas recebam o seu benefício sem a preocupação de que vão perder em outra gestão e que se desenvolvam práticas de empreendedorismo social que possam incorporar estes beneficiários, para aproveitar melhor as vocações locais para gerar renda”, explicou. 

 

Para a secretária municipal de Assistência Social (Semas) de São Cristóvão, Lucianne Rocha, este diagnóstico representa um passo importante na busca por soluções eficazes para a redução da pobreza e da desigualdade. "Essa é uma devolutiva muito significativa, vinda de uma instituição séria. A partir dos resultados, ganhamos uma compreensão mais profunda que nos permite elaborar soluções e abordar questões sob diferentes perspectivas, inclusive de outros municípios. O Programa Bolsa Família desempenha um papel fundamental no apoio às famílias necessitadas, e é crucial que a gente invista em melhorias dentro do que é pertinente às responsabilidades do município", destacou. 

 

Lucianne Rocha, secretária da Sema

 

Os municípios de Indiaroba, Moita Bonita e São Cristóvão foram escolhidos como objetos de estudo devido à sua representatividade na Rede 10 Sergipe, uma rede de municípios que compartilham experiências e boas práticas na gestão dos programas sociais. Durante o evento, representantes dos municípios compartilharam suas experiências e destacaram a importância do trabalho conjunto com a FUNDAJ na busca por soluções que melhorem a qualidade de vida das famílias mais vulneráveis.

 

 

O prefeito de Indiaroba, Adinaldo do Nascimento, agradeceu à gestão de São Cristóvão pela receptividade e troca e à FUNDAJ pela oportunidade de promover o desenvolvimento dos municípios por meio dos programas federais. "Tais programas impactam positivamente no município, o programa nacional Bolsa Família em nossa realidade, por exemplo, corresponde a 25% de tudo o que o município arrecada. Ele é estratégico para o desenvolvimento da cidade. Logo, a pesquisa realizada e a parceria intermunicipal, são de suma relevância na busca pela melhoria contínua desses programas sociais”, avaliou. 

 

Adinaldo do Nascimento, prefeito de Indiaroba

 

Autoridades presentes

 

Além dos secretários municipais de São Cristóvão, do prefeito de Indiaroba, bem como do prefeito de Moita Bonita, Vagner Cunha, outras autoridades estiveram presentes no encontro com a FUNDAJ. Entre elas, estavam os vereadores Edson Pereira, Thiago Correia, Marcus Lázaro, Irmão Gibson e Fabinho Cristo Rei.

 

Fotos: Heitor Xavier