São Cristóvão é eleita a quinta cidade brasileira com o melhor capital humano

24/11/2021 - 14:10 Atualizado há 7 horas



A Cidade Mãe de Sergipe comemora mais uma conquista. Dessa vez o município alcançou o título de quinta cidade com melhor desempenho no capital humano do Brasil, precedida de Vitória (ES), Recife (PE), Florianópolis (SC), e Seropédica (RJ). O resultado é fruto do mapeamento de 411 municípios com mais de 80 mil habitantes, de acordo com o Ranking de Competitividade dos Municípios 2021, realizado pelo Centro de Liderança Pública (CLP).

 

Os resultados da pesquisa se baseiam em três dimensões fundamentais: Sociedade, Economia e Instituições. As dimensões são subdividas em 13 pilares, cuja posição no ranking depende da avaliação de 65 elementos indicadores. São Cristóvão, por exemplo, destacou-se no escopo da economia, no pilar Capital Humano, cujos indicadores que determinaram a quinta posição foram três: taxa bruta de matrícula no ensino técnico e profissionalizante; taxa bruta de matrícula no ensino superior e qualificação dos trabalhadores em emprego formal.

 

O prefeito Marcos Santana afirmou que, para além das conquistas que o município já vem alcançando no ensino básico, é motivo de orgulho ver a cidade se destacando também no capital humano, através dessa ampla avaliação. “A presença de uma das maiores universidades públicas do Brasil, a Universidade Federal de Sergipe (UFS), assim como o Instituto Federal de Ciência e Tecnologia de Sergipe (IFS), que há décadas está em nossa cidade, é fator preponderante para esse resultado no ranking”. 

 

Prefeito Marcos Santana / Foto: Heitor Xavier

 

A secretária municipal de educação, Quitéria de Barros, também comemorou a posição no ranking e aproveitou para citar a contribuição da rede pública municipal na transformação de São Cristóvão em Cidade Educadora e como essa trajetória colabora para os resultados positivos nesta etapa de qualificação profissional.

 

Quitéria de Barros, secretária municipal de educação / Foto: Dani Santos

 

“São Cristóvão compreende a educação pública como um sistema que dialoga entre si e não como redes diferentes, fator que ajuda no fortalecimento dos resultados em todas as etapas. E a contribuição da rede pública municipal de São Cristóvão tem sido a de trazer para a escola toda a população em idade de escolarização obrigatória, no intuito de prepará-la para essa jornada educativa de sucesso que, na rede municipal, começa desde a primeira infância e vai até o término do ensino fundamental ao nono ano”, explicou.

 

Objetivos do mapeamento

 

De acordo com conteúdo publicado pela CLP, a comparação entre os municípios tem a capacidade de estimular a competitividade saudável no setor público, cujos resultados tendem a incentivar a população na busca por respostas, assim como impulsiona os municípios no fortalecimento das políticas públicas, na atração de empresas, trabalhadores e estudantes para agregarem no processo de desenvolvimento da cidade.

 

Outras conquistas da educação em São Cristóvão

 

Classificada como uma das cidades sergipanas com melhor Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de 2019, com nota 5, São Cristóvão foi também reconhecida pelo Ministério Público de Contas do Estado de Sergipe (MPC/SE) como a segunda cidade do Estado a pontuar no Índice de Eficiência Educacional – indicativo este que avalia os municípios sergipanos, a partir da nota do IDEB e outros motes avaliativos.

 

Ainda no eixo educação, a Cidade Mãe conseguiu alcançar a 12ª posição do Ranking Connected Smart Cities 2020, tornando-se a única cidade do Nordeste nesta categoria. A avaliação compreendeu uma junção de fatores relacionados ao tema, através da junção de dados municipais, estaduais e federais (Instituto Federal de Sergipe e Universidade Federal de Sergipe).

 

Foto da capa: Dani Santos