São Cristóvão amplia oferta de atendimento e procedimentos odontológicos em 290,9%

04/06/2020 - 16:31 Atualizado há 1 dia



A Prefeitura de São Cristóvão tem investido fortemente em Saúde Bucal e os resultados são concretos. A reestruturação dos consultórios, a recomposição das equipes e o aumento da cobertura proporcionaram a ampliação da oferta de atendimentos e procedimentos odontológicos em 290,9%, o que resulta em mais de oito mil procedimentos em um ano.

 

Além do investimento de R$203.171,00 na compra de equipamentos para consultórios existentes e para a montagem de novos, a gestão ampliou o número de Equipes de Saúde Bucal (ESB) de 11 para 16, gerando aumento da cobertura populacional de 45.9% para 62,0%. 

 

 

Antes do investimento, o município contava com três consultórios odontológicos. Para alcançar esses números, foram reativados oitos consultórios odontológicos e dois estão em processo de conclusão (USF José Raimundo Aragão, no bairro Divineia e na UBS Maria José Soares Figueiroa, no bairro Eduardo Gomes). Outros dois estão em fase de construção e devem entrar em operação ainda este ano na USF José Augusto Barreto, localizada no Povoado Cabrita, e na USF Laudelina Lima de Andrade, no Povoado Caípe Velho. Ao todo, São Cristóvão terá 15 consultórios odontológicos disponíveis para atender todos os sancristovenses.

 

 

De acordo com o coordenador de Saúde Bucal, Mário Luís Mendes, as atividades coletivas de promoção de saúde, principalmente no ambiente escolar, com atividades de escovação dental supervisionada, aplicação tópica de flúor e educação em saúde também contribuíram para melhorar o alcance da assistência odontólogica. As atividades são realizadas dentro do Programa Saúde na Escola, que objetiva a integração e a articulação permanente da educação e da saúde, proporcionando melhoria da qualidade de vida da população brasileira.

 

O coordenador ainda destacou que a saúde bucal é importante em várias circunstâncias da vida, como na autoestima e a vida social. “Segue o ditado de que a "A saúde começa pela Boca", uma vez que é pela boca que se inicia o processo de ingestão de alimentos e nutrientes essenciais para nos mantermos saudáveis e vivos. Portanto, para que esse processo esteja em equilíbrio temos que ter uma saúde bucal. Na mesma ótica a boca é a apresentação da pessoa para o mundo, logo, uma saúde bucal é fundamental para uma boa relação social, um "cartão postal" para conseguir um emprego e tudo isso somado ajuda na autoestima da pessoa e consequentemente na saúde mental da pessoa.”

 

 

Grupos prioritários

 

O investimento na qualificação dos recursos humanos e ampliação do cuidado aos grupos prioritários é um dos destaques da saúde bucal em São Cristóvão. Segundo o Mário Luís, no projeto Mães da Cidade Mãe, foi discutido com as equipes de Saúde Básica a necessidade de ampliação e qualificação do pré-natal odontológico. “Consequentemente, teve um aumento do número de grávidas para o pré-natal odontológico. Assim como um aumento no atendimento a grupos com necessidades especiais".

 

 

O projeto tem como objetivo geral estruturar, qualificar e organizar a atenção à saúde materno-infantil do município. Na Saúde Bucal, a intenção é diminuir a incidência e prevalência das doenças bucais, bem como promover a saúde bucal.

 

Novo Coronavírus

 

Em janeiro, foi realizado pela secretaria Municipal de Saúde um planejamento anual com todas as coordenações. Com a chegada da pandemia do Covid-19, todos os planos para este ano foram suspensos. Seguindo os decretos estaduais, municipais e as orientações do Ministério da Saúde, as consultas odontológicas só podem ser realizadas em caso de urgência.

 

Fotos: Dani Santos