São Cristóvão abre festejos juninos com apresentações de artistas locais

01/06/2022 - 14:44 Atualizado há 4 horas



O município de São Cristóvão entrou em clima de festa nessa terça-feira (31) com a abertura oficial dos festejos juninos, um dos eventos mais esperados pelo público ao longo dos últimos dois anos. A festa, que é realizada pela Prefeitura, através da Fundação de Cultura e Turismo João Bebe Água (Fumctur), contou com apresentação de artistas locais, como a Cia Teatral Loucos por Loucos, o trio Capitães do Forró, Joba Ralacoxa e o cortejo do grupo de folguedo “As Caceteiras”, finalizando o evento.

 

Para o prefeito, Marcos Santana, a maior satisfação é ver as famílias festejarem ao passo em que conhecem a história, a cultura e as tradições do município. “O São João de São Cristóvão é da comunidade, da família ao redor da fogueira, das pessoas na rua. Não é um São João da concentração em torno de um palco. Por isso estimulamos que as ruas façam os seus festejos e para isso disponibilizamos a estrutura. E nessa abertura podemos apreciar o que mais gostamos, que é o forró com trio pé de serra, dando valor aos sancristovenses e aqueles que produzem arte na cidade”, destacou.

 

Marcos Santana, prefeito de São Cristóvão

 

Paola Santana, presidenta da Fumctur, explica que historicamente São Cristóvão não comemora o São João com grandes bandas, pois mesmo entendendo que existem culturas diferentes, o município busca trabalhar com a cultura local, “que preza pelos grupos folclóricos, que conta a história do São João. Então, como praxe, abrimos os festejos no período da manhã com a exposição dos santos juninos e à noite com os grupos contemplados com a Lei Aldir Blanc. Existem outras cidades que tradicionalmente possuem um festejo junino maior, assim como a nossa festa de maior expressividade é o FASC”, explicou.

 

Paola Santana, presidenta da Fumctur

 

O senador Rogério Carvalho esteve presente na ocasião e não hesitou em elogiar a gestão por manter viva a cultura junina, através de uma comemoração acessível a todos. “Parabenizo o prefeito por proporcionar a várias comunidades a possibilidade de festejar esse período, que faz parte da nossa cultura e, o principal, por distribuir isso em todas as regiões da cidade. É uma oportunidade para as pessoas viverem os festejos juninos como uma tradição familiar, cultural, de integração e isso é muito importante para criar uma teia social mais sólida, coesa, solidária, além de festejarmos nossas principais marcas folclóricas. Parabéns por manterem vivos os grupos que reproduzem essa cultura secular”, enfatizou.

 

Rogério Carvalho, senador

 

O ex-deputado federal, Valadares Filho, também marcou presença na comemoração e parabenizou a gestão por estar no caminho certo ao manter as tradições. “O direcionamento do prefeito Marcos, em manter a tradição dos festejos juninos, nos moldes do folclore, dos festejos verdadeiramente tradicionais, é algo salutar. Essa iniciativa faz com que valorizemos a nossa cultura e, principalmente, em uma cidade como essa, que exala historicidade. A organização está de parabéns”, disse.

 

Valadares Filho, ex-deputado federal 

 

Público

 

O aposentado Adairton dos Anjos e o turismólogo Marcos Prado, moradores da cidade, não se intimidaram com a chuva e bateram o ponto no primeiro dia de festa.  Adairton disse que “esses dois anos sem São João e São Pedro foram de sofrimento” por isso, mesmo tendo que enfrentar a chuva, não abriu mão de prestigiar a tradição. Assim como Marcos, que fez questão de enaltecer os artistas da cidade, “gosto mesmo é de ver os artistas daqui e do nosso folclore. Faço questão de estar presente, valorizando o que nos pertence”, pontuou.

 

Adairton dos Anjos, aposentado

 

Marcos Prado, turismólogo

 

Pela primeira vez em São Cristóvão, o supervisor José Diego e sua esposa Karine Silva, cabeleireira, estavam encantados com a cidade e não tiraram o sorriso do rosto durante a apresentação teatral. Ele disse que “o importante é fazer com que o turista conheça melhor a cultura do lugar e ajude na valorização e na divulgação do local”. Já a cabeleireira, que foi atraída pelo grupo teatral, disse que a apresentação “deu um toque especial aos festejos e por isso virei outras vezes”, afirmou.

 

José Diego, supervisor

 

Karine Silva, cabeleireira

 

Próximas datas

 

O evento ocorrerá tanto no Centro Histórico, quanto na região da grande Rosa Elze, com atrações diversificadas para atrair todos os gostos do público sancristovense e dos visitantes da Cidade Mãe de Sergipe. Os próximos dias de evento serão nas datas 23 e 24 de junho, no pátio da antiga Estação Ferroviária, com apresentações de bandas locais e trios pé de serra e nos dias 15 e 16 de julho no Eduardo Gomes, com bandas de forró eletrônico.

 

Cia Teatral Loucos por Loucos

 

Sancristovenses e visitantes reagindo ao esperáculo O Santo e a Porca 

 

Grupo Capitães do Forró

 

Grupo Folclórico As Caceteiras de São Cristóvão

 

Fotos: Heitor Xavier