Reunião discute implementação de políticas públicas para a população LGBTQIA+

07/04/2022 - 17:11 Atualizado há 2 dias



A secretária municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast), Lucianne Rocha, reuniu-se na última quarta feira (06) com representantes da Associação de Travestis e Transgêneros de Aracaju (ASTRA), para discutir recurso concedido pelo deputado federal João Daniel juntamente com o senador Rogério Carvalho, que será destinado à implementação de políticas sociojurídicas destinadas à população LGBTQIA+ de São Cristóvão.

 

A emenda está orçada na ordem de R$ 200 mil, cujo valor foi dividido de maneira igualitária pelos parlamentares.  Os serviços prestados à sociedade podem ser no âmbito psicológico, jurídico e social, com o objetivo de mitigar a situação de vulnerabilidade que pode ser retratada nos dados referentes aos casos de violência e mortes por homofobia e transfobia no Brasil, que ainda é o país que mais registra crimes homofóbicos no mundo de acordo com relatório do Observatório de Mortes Violentas de LGBTQIA+ no Brasil.

 

Semast, representantes da ASTRA e representante do deputado João Daniel 

 

De acordo com a secretária da Semast, Lucianne Rocha, a participação da ASTRA é de suma importância porque se trata de uma instituição que já tem uma experiência no atendimento voltado ao público LGBTQIA+ e só vem agregar com essa proposta. “Este é um público que está dentro do quadro de grupos vulneráveis e por isso acabam ligados à secretaria de assistência, que tem dentro do seu foco um trabalho totalmente voltado aos direitos humanos”, afirmou a secretária. 

 

Lucianne Rocha, secretária da Semast

 

Para Thatiane Araújo este será um momento de celebrar a boa vontade da prefeitura de São Cristóvão que já promove ações de combate à LGBTfobia e demonstra total abertura em viabilizar o acesso da população LGBT às políticas públicas. “É muito importante hoje dialogar com um gestor municipal que demonstra a preocupação de implementar serviços sociojudídicos no município, e que busque desenvolver uma maior resolutividade às denúncias de violência, provenientes das ações corriqueiras de discriminação”, pontuou.

 

Tathiane Araújo, presidenta da ASTRA

 

A presidenta da ASTRA ainda salientou que as campanhas alusivas do município, como no dia da mulher, que levou uma mulher trans a ser visibilizada pela primeira vez numa campanha de administração municipal, refletem o interesse da gestão municipal de São Cristóvão em desenvolver ações concretas para que estes cidadãos possam ser cada vez mais inseridos na sociedade.

 

 

Sobre a escolha de São Cristóvão para a destinação do recurso, a coordenadora do mandato do deputado federal João Daniel, Rose Rodrigues, destacou que se deveu ao fato do parlamentar ter um apreço pelo modo como as ações são desenvolvidas na cidade, sempre pautadas pelo uso correto das verbas e responsabilidade para com a comunidade sancristovense.  “O deputado tem o maior respeito pelo bom desenvolvimento do município e pelo grande exemplo de gestor que o prefeito vem sendo. Portanto, é um conforto muito grande destinar recursos para esta prefeitura, que sempre os aplica de um modo que vai além das expectativas que temos”, enfatizou.

 

Rose Rodrigues, coordenadora do mandato do deputado federal João Daniel

 

Fotos: Dani Santos