Real Cabrita e PSC são finalistas da Copa Cidade Mãe de Futebol

20/06/2022 - 16:08 Atualizado há 1 dia



Estão definidos os dois clubes finalistas da 1ª Copa Cidade Mãe de Futebol Amador. Real Cabrita e PSC superaram o Eduardense e o Atlético, respectivamente, e garantiram suas vagas na disputa pelo prêmio da competição. Os jogos de volta das semifinais, que definiram os classificados, foram realizados ontem (19), no Campo do Limão.

 

Após empatar em 1x1 no primeiro jogo, PSC e Atlético voltaram a se enfrentar, e desta vez, o clube da sede do município jogou melhor e não deu espaço para o time do Tijuquinha, vencendo o adversário por 3x0.

 

 

Já o confronto entre Real Cabrita e Eduardense foi marcado por muita emoção. Após perder por 3x0 na primeira partida, o time do bairro Eduardo Gomes correu atrás do resultado e terminou o jogo vencendo também por 3x0. Com isso, as duas equipes precisaram disputar a vaga na final nos pênaltis. Nas cobranças, a equipe do povoado Cabrita foi mais eficiente, fazendo 5x3 e carimbando seu passaporte rumo à final da Copa.

 

A partida que definirá o grande campeão está marcada para o dia 03 de julho, no Campo do Limão. O vencedor levará para casa o troféu e uma premiação de 5 mil reais. Na ocasião, também será realizada a disputa pelo 3° lugar.

 

Retrospecto do PSC

 

O caminho para os dois clubes que chegaram à final não foi fácil. Cada equipe disputou dez partidas e foram se firmando como favoritos ao longo da competição. Invicto até o momento com nove vitórias e um empate, 30 gols marcados (somados os dois WOs) e apenas dois sofridos, o PSC começou a trajetória na Copa jogando contra o Dragões da City. Em dois jogos complicados superou o adversário por 1x0 na partida de estreia e 2x1 no segundo confronto.

 

Na segunda fase do torneio, o time da sede também venceu seus dois jogos, desta vez, levando a melhor contra o Borussia LM, em que venceu por 3x0 e 2x0. Já nas oitavas de final, foi a vez passar pelo São Cristóvão, confronto em que conseguiu fazer 8x0 no adversário, e venceu por WO o segundo jogo.

Nas quartas de final, outro confronto em que se impôs em campo. Venceu o Juventus no primeiro jogo por 4x0, e na segunda partida venceu por WO Nas semifinais, encontrou pelo caminho um adversário que não facilitou, e acabou empatando com o Atlético por 1x1 no jogo de ida, mas na partida de volta mostrou sua força e garantiu sua vaga na final.

 

 

Retrospecto do Real Cabrita

 

A equipe do povoado Cabrita não teve facilidades durante o torneio. Com jogos acirrados, o clube chega à final somando cinco vitórias, dois empates e três derrotas, além de ter marcado 19 gols e sofrido 11. No jogo de estreia, fez bonito e goleou o Unidos de Porto da Folha por 5x0, mas acabou perdendo a partida de volta por 4x3. 

 

Na segunda fase da competição enfrentou o Barreirense, em que venceu uma das partidas por 2x1, e empatou o jogo da volta em 0x0. Nas oitavas, encarou o Santa Cruz, vencendo um jogo por 3x1 e perdendo o outro por 1x0. 

 

Já nas quartas, passou pelo Oeste. No primeiro jogo fez 2x1 e no segundo ficou no 1x1. E nas semifinais, jogou contra o Eduardense, em que venceu a primeira partida por 3x0, perdeu a segunda também por 3x0, mas levou a melhor na disputa de pênaltis (5x3), carimbando sua vaga na final na Copa Cidade Mãe de Futebol Amador. 

 

 

 

Fotos: Dani Santos