PSC vence Bragantino nos pênaltis e leva título da Copa Cidade Mãe de Futsal Masculino

07/01/2023 - 17:40 Atualizado há 12 horas



O PSC é o grande campeão da 1ª Copa Cidade Mãe de Futsal Masculino! Após um jogo muito disputado e empate no tempo normal, a equipe do bairro Irineu Neri (Apicum), levou a melhor sobre o Bragantino nos pênaltis, vencendo a disputa por 4x2. Com o resultado, o time vencedor levou o troféu, medalhas e a premiação de R$ 2 mil reais na competição promovida pela Prefeitura de São Cristóvão, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel). 



A partida foi realizada no Ginásio Poliesportivo Gevaldo Costa Pereira, no bairro Lourival Batista, que foi inaugurado na última sexta-feira (06), após passar por grande obra de requalificação. O técnico do PSC, Diego Antônio, celebrou a vitória da equipe que já havia sido vice-campeã da Copa Cidade Mãe de Futebol. “Falei para os meus atletas que dia de final é dia de ganhar, de deixar a emoção com a torcida e jogar com a razão. Foi um espetáculo, não poderia ser diferente. A torcida merecia, o time merecia, meu bairro merecia e nós acreditamos até o final, não desistimos e vencemos. Agora é só comemorar”, afirmou.

 


Técnico do PSC, Diego Antônio

 

O comandante do time do Apicum também ressaltou a importância da promoção de eventos como estes para incentivar a prática esportiva no município. “Foi um prazer imenso jogar essa Copa e participar da inauguração desse Ginásio, onde cresci jogando. Acho primordial que sejam realizados eventos assim, acredito que é o pilar de qualquer prefeitura ter como bandeira o lazer, cultura e esporte, e a Prefeitura de São Cristóvão está de parabéns, não só com o ginásio e com as competições, mas por todas as obras que vem fazendo pela nossa cidade”, destacou. 

 


PSC venceu o Bragantino nos pênaltis por 4x2

 

Vice-campeã do torneio, a equipe do Bragantino levou para casa troféus, medalhas e R$ 500. Para Júnior Ponga, técnico do time, apesar de não ter levado o título, ter chegado à final demonstra o comprometimento da equipe. Ele também destacou que “essa competição foi muito boa para engrandecer ainda mais o futsal aqui em São Cristóvão. Ficamos um bom tempo sem essas competições, precisando jogar fora da cidade por não ter local para jogar, mas agora com esse novo espaço e com a gestão à frente, espero que esse trabalho continue avançando para beneficiar os esportistas da cidade”, declarou. 

 


Júnior Ponga, técnico do Bragantino

 

Além da disputa da grande final, também houve a partida que definiu o 3º colocado na Copa. O Luiz Alves venceu o Boca Júnior por 6x5 e levou para casa a premiação. Também foram premiados o artilheiro da competição, Carlos Henrique, do time do Luiz Alves, e o goleiro menos vazado, que foi Alan, defensor do time Porca Magra.  

 




Ao todo foram 22 equipes integrando a 1ª edição da Copa Cidade Mãe de Futsal, totalizando mais de 300 atletas na competição. Foram mais de quatro meses de disputa até a grande final, e segundo o secretário de esportes, Klewerton Siqueira, a intenção da Semel é promover ainda mais ações neste ano. “Para o ano de 2023 nós queremos agregar todos os desportistas do município. Buscaremos trazer competições a nível estadual e nacional, já temos a perspectiva de trazer competições de judô, de luta, teremos a participação da seleção de São Cristóvão na Copa TV Sergipe de Futsal e muitas outras ações que estão dentro do nosso planejamento”, afirmou.

 

Secretário de esportes, Klewerton Siqueira

 

Fotos: Heitor Xavier