Profissionais dos transportes escolares recebem capacitação sobre o protocolo sanitário de retorno às aulas

15/01/2021 - 18:57 Atualizado há 5 dias



Os profissionais que realizam o transporte escolar dos estudantes da rede muncipal de São Cristóvão participaram nesta sexta-feira (15) de uma capacitação acerca das recomendações e orientações preconizadas no Protocolo Sanitário de Transportes Escolares, tendo em vista a previsão de retorno das aulas no município.  O Protocolo prevê medidas de prevenção à covid-19 a serem tomadas por motoristas, cuidadores e monitores dentro dos transportes escolares, como fazer uso de máscara de proteção facial durante todo o trajeto, dispor de álcool em gel ou líquido 70% para higienização freqüente das mãos e manter as janelas/basculantes dos veículos abertas em todo o trajeto.

 

 

 

 

Além disso, há a obrigatoriedade de cada estudante ocupar o mesmo lugar todos os dias, com registro e controle dos ocupantes pelo monitor/ajudante do transporte escolar. Recomenda-se ainda que haja o distanciamento de 1,5m (um metro e meio) entre aqueles que estiverem dentro do veículo (estudantes, motorista e monitor).  “Acredito que a prefeitura está fazendo a parte dela quanto à volta às aulas que é tão necessário às nossas crianças. Colocar todos nós motoristas para lidar com as crianças de forma correta para a volta às aulas”, afirma Jadilson Rocha, motorista de transporte público de São Cristóvão que participou da capacitação.

 

Para Sabrina Santos, cuidadora, a prefeitura junto com a coordenadora e direção das escolas organizou com cuidado os protocolos para que os alunos tivessem o melhor acolhimento no ambiente escolar. “As mães podem ficar cientes que as crianças serão bem amparadas na escola. A partir do primeiro ao quinto ano, atenderemos os alunos e os pais podem ficar despreocupados, pois as escolas estão preparadas para receber os alunos de forma graduada, não com a quantidade toda de alunos, mas sempre seguindo todas as medidas sanitárias”, afirmou Sabrina.

 

Os cuidados com higienização e distanciamento social adotados nos ambientes escolares deverão ser igualmente cumpridos também nos transportes escolares. Com exceção de veículos de passeio (“carro baixo”), todos os demais transportes escolares deverão contar com motorista e pelo menos um(a) monitor(a) ou ajudante, que irão desempenhar as funções de embarque, trajeto e desembarque dos estudantes.

 

 “Nós estamos tendo esse curso de formação com segurança e passaremos essa segurança para os pais. Isso é uma parceria entre escola e os pais. Estamos aprendendo todos os cuidados que o protocolo diz para ter, e vamos estudá-lo para aplicar com total confiança”, afirma Alisangela Vieira, monitora.

 

 

A capacitação foi promovida pela secretaria municipal de saúde junto à secretaria de educação, que tem trabalhado em conjunto para realizar a retomada segurada das aulas. Segundo Weverton dos Santos, coordenador de transportes da secretaria de educação, o Protocolo 19 será totalmente implementado pela equipe que realiza os tranportes em São Cristóvão. “Faremos o que lá está descrito e preconizado com relação à proteção contra a covid-19, como as demarcações para permitir o distanciamento, por exemplo. Essa capacitação faz parte de uma estratégia, de fazer os profissionais lidarem com essa nova realidade garantindo não somente a segurança deles, profissionais, mas sobretudo das crianças. Ter um transporte escolar protegido, e por conseqüência ter as escolas também protegidas”, explica Weverton dos Santos.

 

O Protocolo 19 está disponível no Portal da Transparência da prefeitura de São Cristóvão, na aba covid, ações de enfretamento: https://transparencia.saocristovao.se.gov.br/municipio/covid19