Prefeitura realiza o 1º Festival de Teatro de São Cristóvão

17/03/2022 - 15:20 Atualizado há 3 horas



A Cidade Mãe de Sergipe será palco do 1º Festival de Teatro de São Cristóvão, que acontecerá na Praça Horácio Souza Lima, no bairro Rosa Elze, no dia 26 de março, em comemoração ao Dia Internacional do Teatro, que é celebrado anualmente no dia 27 deste mesmo mês. O evento será realizado pela Prefeitura de São Cristóvão, através da Fundação Municipal de Cultura e Turismo (Fumctur) e contará com espetáculos de grupos teatrais do estado, aprovados na Lei Aldir Blanc.

 

Não é de hoje que o público sancristovense tem acesso a uma vasta programação cultural em decorrência das diversas manifestações artísticas que acontecem no município ao longo do ano, a exemplo do Festival de Arte de São Cristóvão (FASC), que já recebeu incontáveis grupos teatrais de todo o Brasil. Porém, um festival voltado especificamente para as artes cênicas, acontecerá pela primeira vez.

 

A diretora de cultura arte da Fumctur, Elma Santos explica que “é fato que nós temos uma demanda maior de espetáculos teatrais no Fasc, mas a gestão vem atuando ao longo do ano no desenvolvimento de ações voltadas para este segmento artístico, com o intuito de dar acesso gratuito ao público local, além de prestigiar o trabalho dos profissionais da área. O festival acontecerá em praça pública, com espetáculos que contemplam todos os públicos e todas as idades”. A diretora acrescentou a sua opinião acerca da importância de espetáculos teatrais no estímulo ao pensamento crítico e como elemento incentivador na formação de novos artistas.

 

Elma Santos, diretora de cultura e arte da Fumctur

 

O evento inicia às 15h com o grupo Ciranda Brincante, que apresentará o espetáculo “O Galinho Gripado em Tempos de Coronavírus”, um tema atual que nos leva a refletir sobre o cenário da pandemia no país. Em seguida, às 16h, entrará a peça “Pra viver de cartucheira no bando de Lampião?” do grupo Pro-cena; às 17h o público assistirá a apresentação do “Santo e a Porca”, uma encenação da obra de Ariano Suassuna, através da Companhia Teatral Loucos por Loucos.  O evento finalizará com o espetáculo “Orum Aiyê: A Criação”, do grupo Boca de Cena, que iniciará às 18h.

 

Foto: Heitor Xavier