Prefeitura realiza entrega de ‘Gelateca Itinerante’ no Loteamento Lauro Rocha

28/10/2021 - 17:15 Atualizado há 3 dias



Em comemoração à Semana Nacional do Livro e da Biblioteca, que acontece de 23 a 29 de outubro, a Fundação Municipal de Cultura e Turismo João Bebe-Água (Fumctur) realizou nesta quinta-feira (28), a entrega de uma ‘Gelateca Itinerante’ à comunidade do Loteamento Lauro Rocha, bairro São Gonçalo. A ação que foi idealizada em parceria com o Movimento ODS, tem como objetivo incentivar a leitura para além do espaço físico das bibliotecas.

 

Com livros disponibilizados pelas bibliotecas do município e 200 gibis doados pela Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), a Gelateca ficará disponível na Associação de Moradores e Desenvolvimento Social do Loteamento Lauro Rocha (AMDSLAR). Desta forma, toda a população terá acesso aos livros, podendo levar para casa, devolvendo posteriormente.

 

 

Representando a Prefeitura de São Cristóvão, a coordenadora de captação de recursos da Fumctur e coordenadora do Movimento ODS, Sandra Sena, detalhou que o projeto da Gelateca soma duas importantes vertentes: o incentivo à leitura e a sustentabilidade. “Essa é uma forma sustentável de utilizar essas geladeiras que iriam para o lixo, dando a elas uma nova função, onde elas passam a servir como bibliotecas. Nossa intenção é buscar parceiros para que mais Gelatecas passem a funcionar em São Cristóvão, e as crianças tenham mais acesso à leitura”, explicou.

 

Coordenadora de captação de recursos da Fumctur e coordenadora do Movimento ODS, Sandra Sena

 

Para a coordenadora das bibliotecas de São Cristóvão, Rafaela Pereira, levar entretenimento por meio da cultura leitora às comunidades de São Cristóvão é uma das causas sensíveis e pautadas para o planejamento de ações das bibliotecas públicas da cidade, e sair das quatro paredes, segundo ela, é o ponto de partida. “A ideia é que essa Gelateca fique na Associação por até quatro meses, e depois nós a levaremos para outros espaços da cidade, para que pessoas de outras localidades também possam ter esse acesso aos livros”, informou Rafaela.

 

Coordenadora das bibliotecas de São Cristóvão, Rafaela Pereira

 

A manhã de celebração também contou com a participação da Cia de Artes da Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe (Alese), que apresentou um espetáculo sobre “As Aventuras da Leitura” para os alunos da EMEF João Francisco de Andrade.

 

 

Parceiros

 

Responsável pela doação de 200 gibis da Turma da Mônica para o projeto, a Deso esteve representada no evento pelo gerente socioambiental Mário Léo de Oliveira. Segundo ele, os gibis foram produzidos em parceria com o Instituto Maurício de Sousa e estão sendo distribuídos para municípios em que a Companhia está presente. “Esses gibis trazem o saneamento básico e uso racional da água como temas. Nós estamos buscando junto aos municípios sergipanos os projetos em que possamos colaborar com a doação desses gibis, para através deles, levar o conhecimento sobre as vertentes do saneamento básico”, detalhou.

 

Gerente socioambiental da Deso, Mário Léo de Oliveira

 

A ação da Gelateca Itinerante também contou com o apoio do Colégio Santa Chiara, responsável por realizar a plotagem da geladeira e doar alguns livros. “Com esse projeto nós conseguimos acalentar as crianças que muitas vezes não tem muitas atividades de lazer em sua comunidade, fortalecendo assim a prática da leitura nestes locais”, apontou a professora Izabella Matos.

 

Izabella Matos, professora do Colégio Santa Chiara

 

Comunidade

 

O presidente da Associação dos Moradores do Lauro Rocha, Paulo Bisbo, acredita que esse é um momento importante para a comunidade. “Essa Gelateca vai ser muito importante para todos que moram aqui. Nós vivemos em uma comunidade muito carente, mas através desse projeto todos que moram aqui vão poder se debruçar no conhecimento. Nós da Associação ficamos muito felizes em receber esse projeto”, afirmou.

 

Paulo Bispo, presidente da associação 

 

O sentimento também é compartilhado pela professora da EMEF João Francisco de Andrade, Terezinha Aparecida da Paixão. “É um momento único e gratificante para os alunos, os professores e para toda a comunidade. Só temos a agradecer por todo esse projeto de valorização da leitura”.

 

Fotos: Heitor Xavier