Prefeitura e SAAE levam nova rede de abastecimento de água a mais localidades da zona rural do município

24/05/2023 - 17:09 Atualizado há 2 horas



Com um investimento de R$ 650 mil, a Prefeitura de São Cristóvão e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) entregam nova rede de abastecimento para mais de 300 famílias de seis localidades na zona rural do município. O primeiro povoado a ser contemplado foi o Alto do Bernardo, e posteriormente serão atendidos os povoados de Aningas, Caípe Novo, Cascalheiras, Emília Maria e Timbó. A iniciativa faz parte do Programa Águas de São Cristóvão, que desde o início da gestão garante acesso à água encanada e potável, melhorando assim a qualidade de vida da população.

 

 

De acordo com o diretor-presidente do SAAE, Carlos Melo, “ao todo, serão instalados nove mil metros de rede, com um investimento que ultrapassou R$ 350 mil. Para garantir o abastecimento, a Prefeitura já perfurou os poços tubulares com um investimento de mais de R$ 150 mil e já está prevista a implantação de reservatórios elevados com capacidade para 20 mil litros de água em cada povoado, com um investimento adicional de aproximadamente R$ 150 mil. Todo esse montante foi pago com recursos próprios”, explicou.

 

Carlos Melo, diretor-presidente do SAAE

 

A agricultora e moradora do Alto do Bernardo, Gicelma Cardoso dos Santos, expressou sua gratidão à Prefeitura pelos avanços e melhorias proporcionados em sua comunidade. Gicelma destacou que essa é apenas uma das muitas ações realizadas, que incluem “a construção de uma nova rodovia, a melhoria na iluminação pública e a limpeza dos canais. Todas essas benfeitorias são fundamentais para nós que moramos aqui e só tínhamos promessas de outros gestores. Esse foi o único que prometeu e cumpriu", desabafou.

 

Gicelma Cardoso dos Santos, agricultora

 

Outro morador que se sente agradecido é o eletricista Adnaldo José Barbosa. "Sou muito satisfeito com essa gestão pelos trabalhos que vem desenvolvendo aqui na comunidade. Um exemplo é esse abastecimento de água na região. Embora eu tenha um poço em minha propriedade, já acompanhei de perto as dificuldades enfrentadas pelos vizinhos que precisavam se deslocar em busca de água, seja com chuva ou sol. A chegada desse abastecimento foi uma verdadeira bênção, porque veio aliviar o sofrimento da população”, disse.

 

Adnaldo José Barbosa, eletricista

 

Fotos: Dani Santos