Prefeitura de São Cristóvão ultrapassa 6.100 cestas básicas entregues

28/05/2020 - 14:58 Atualizado há 1 dia



Como ação primordial dentro da política de assistência social do município, a Prefeitura de São Cristóvão entregou nas últimas semanas 6.142 cestas básicas às famílias em situação de vulnerabilidade social. Nas três últimas entregas, o foco das ações foram pais e mães de alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino, e que são beneficiados pelo Programa Bolsa Família. A meta de entregas de cestas básicas do município, nesta primeira etapa, é de 10 mil unidades.

 

“Essa ação visa diminuir o sofrimento das pessoas, incluindo os que não estamos acessando a política de transferência de recurso do Governo federal e também os ambulantes, pessoas que não estão podendo comercializar os seus produtos neste momento de combate ao coronavírus. As pessoas estão sendo atendidas gradativamente, e estamos felizes com o trabalho que vem sendo realizados pelas equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho e pela Secretaria Municipal de Educação. Reafirmamos aqui a nossa disposição em atender as necessidades do nosso povo”, disse o prefeito Marcos Santana.

 


Organização e segurança

As entregas estão acontecendo dentro das escolas, de forma organizada e seguindo toda a segurança recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). “Para não gerar aglomeração, decidimos dividir em turmas e em letras. Colocamos quatro pessoas para organizar melhor, e dividimos por ordem alfabética o público, para que a distribuição fique bem organizada.”, contou Marleide de Jesus, integrante da equipe de entregas das cestas básicas.

 

Já a secretária de educação, Quitéria de Barros, que participa pessoalmente das ações referentes à cesta básicas, frisou que as entregas seguem todo um protocolo de segurança, tanto de quem entrega quanto de quem recebe. “Nosso trabalho vem sendo embasado na segurança alimentar dos nossos alunos e seus familiares. A população tem saído satisfeita das entregas porque compreende que todo o cuidado é essencial neste momento. Nos próximos dias estaremos retornando às escolas da Rede Municipal de Ensino para entregar as cestas de quem ainda não pegou”, informou.

 

Segundo Daniela Santos de Melo, diretora da Escola Municipal de Ensino Fundamental Gina Franco, os pais foram avisados dos horários do recebimento das cestas. “Dividimos em três etapas e distribuímos nas salas. Antes disso, já tínhamos mandado os horários nos grupos do WhatsApp para os pais das crianças matriculadas aqui”, disse.

 


Áreas contempladas

Nas últimas semanas, as equipes da Prefeitura de São Cristóvão estiveram nos povoados: Feijão, Parque Santa Rita, Aldeia, Aningas, Timbó do Presídio, Cardoso, Rita Cacete, Coqueiro, Alto do Santo Antônio, Alto Divinéia e Tijuquinha, Candeal, Bonfim, Caípe Novo, Caípe Velho, Rosa Luxemburgo, Pedreira, Cajueiro, Santo Inácio, Cabrita, Jardim Universitário, Arame I, Arnaldo Ramos De Moura, Colônia Miranda, Brasilinha, Carmo, Bom Jardim, Coqueiro, Arame II, Timbó da Barragem, Gravatá, Florestan Fernandes, Conjunto Maria do Carmo, José Conrado, Barreiro, Rosa Elze, Madre Paulina, Rosa Maria, Emília Maria, Umbaúba, Recanto Dos Pássaros, Várzea Grande, Nosso Lar, Paraguaizinho, Divinéia, Enseada e também Centro Histórico.

 

A diarista, Ana Lúcia da Silva, enalteceu o trabalho da Prefeitura de São Cristóvão no tocante às entregas. “Isso é uma ajuda muito grande, um complemento para nós que estamos precisando de comida durante essa pandemia. Como eu sempre trabalhei de diarista, minha renda mensal nunca foi fixa. Agora, sem poder trabalhar, estou recebendo quase nada pra poder manter a minha casa, e meu filho precisa ter o que comer. Essa cesta foi uma ajuda necessária”, disse.

 

Se informe melhor!

 

As entregas de cestas básicas fazem parte da política de Assistência Social do município em situações de calamidade, dando prioridade as pessoas em condição de vulnerabilidade social. Em caso de dúvidas de como receber o benefício, o indivíduo deve procurar o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) mais próximo da sua região, sendo eles o CRAS Eduardo Gomes (99894-8182) ou o CRAS Centro Histórico (99814-6538).

Fotos: Dani Santos.