Prefeitura de São Cristóvão recebe representantes da Deso para discutir obras da Av. Irieneu Neri

03/08/2020 - 19:03 Atualizado há 13 horas



Na tarde desta segunda-feira (3), o prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana recebeu na sala de reunião do gabinete a equipe da Deso para tratar da situação da avenida Irineu Neri. Durante o encontro, o gestor municipal recebeu informações sobre o término da obra, dentro das perspectivas do cronograma estabelecido pela companhia de saneamento.

 

Acompanhando dos técnicos da Secretaria Municipal de Infraestrutura, o engenheiro e diretor de obras da Deso, Gabriel Campos, explicou que a previsão da Deso para concluir as obras nesta localidade é até final de agosto.

 

“Inicialmente faremos uma raspagem do material que vinha sendo colocado na avenida, para diminuirmos assim os buracos e fazermos a desobstrução da rede de drenagem. Infelizmente a rede de drenagem de lá está subdimensionada, o que causa obstruções constantes. Vamos pedir também à Prefeitura de São Cristóvão que a SMTT do município possa nos auxiliar limitando a passagem apenas para carros de passeio e transporte coletivo, pra que assim, juntamente, com o reforço de equipes que estão trabalhando no local, a gente possa concluir o trabalho o mais rápido possível”, explicou Gabriel Campos.

 

 O prefeito Marcos Santana pontuou que entrou em contato tanto com os moradores da Irineu Neri quanto com os residentes da Enseada, Colônia Miranda, Rita Cacete, Baixa Divinéia, Coqueiro, Apicum, Arame I e II e Florestan Fernandes, que diariamente utilizam a avenida para se solidarizar com a situação. “Quero deixar claro que estamos acompanhando essa obra da Deso todos os dias, sempre pedindo celeridade na conclusão dos trabalhos. Também nesta segunda pedimos ao governador do estado, Belivaldo Chagas que intercedesse para que a Deso terminasse o quanto antes as obras nesta localidade”,  disse o prefeito.

 

O prefeito falou, ainda, que tem cobrado diariamente a conclusão porque sabe dos problemas que têm causado na vida dos moradores.