Prefeitura de São Cristóvão realiza brechó de moda criativa na Casa da Costura Dona Zil

28/03/2022 - 15:21 Atualizado há 2 dias



Desde a sua abertura, a Casa da Costura Dona Zil tem oferecido diversas oportunidades de trabalho aos artesãos sancristovenses, e pensando nisso, foi criado o 1º Brechó de Moda Criativa. Realizado pela Prefeitura de São Cristóvão, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast), a ação iniciou na manhã desta segunda-feira (28) e irá até o dia 31 de março.

 

Formado por um grupo de ex-alunas de uma oficina de moda criativa promovida pela Casa da Costura, o brechó tem como objetivo dar possibilidades para as mulheres de produção, tanto de geração de renda como também apresentar a população os produtos feitos dentro da Casa, como detalha a responsável pela Diretoria Municipal do Trabalho, Neusa Malheiros.

 

 

 

“Aqui temos peças que customizamos a partir das doações que recebemos, então é uma experiência muito gratificante. Tem obras de vários tipos e tamanhos diferentes, com preços acessíveis para a comunidade. A Casa estará aberta a semana toda, é um brechó que tem uma proposta de continuidade e que vai fazer parte dos projetos da Casa da Costura”, comentou Neusa.

 

Neusa Malheiros, responsável pela Diretoria Municipal do Trabalho

 

A egressa Maria Helena, expressa a felicidade de fazer parte da Casa da Costura e da preocupação da Prefeitura em dar essas ações como essas aos artesãos da Cidade Mãe de Sergipe. “Faço parte das atividades da Casa há alguns anos, e quero ficar aqui enquanto puder andar. Só de você conversar com um monte de gente legal, ajudando uns aos outros dá uma vida, tenho muito orgulho disso”, disse Maria.

 

Maria Helena, artesã

 

Já a artesã Simone Gonçalves, complementa a satisfação de participar do projeto e ressalta a importância do uso de peças antigas como forma de ajudar a natureza. “Eu vejo isso como uma superação da vida das mulheres daqui. Foi um desafio, pois já tenho certo conhecimento de aprendizado com as oficinas, mas acabei aprendendo mais coisas com as outras artesãs, e isso é uma troca de saberes e de vivências. Espero que venham outras porque a porta da Casa da Costura está sempre aberta para mais pessoas”, concluiu.

 

Simone Gonçalves, artesã

 

O brechó segue acontecendo na Casa de Costura Dona Zil e continuará até o dia 31 de março no horário das 9h às 16h.

 

Fotos: Dani Santos