Prefeitura de São Cristóvão já realizou mais de 1,7 mil testes para a Covid-19

15/07/2020 - 19:49 Atualizado há 3 dias



 

Desde o início da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de São Cristóvão, por meio da Secretaria de Saúde, tem buscado alternativas visando o cuidado com os munícipes. Uma das ações é a disponibilização dos testes para diagnóstico da população em todo território. Até o momento, foram efetuadas 1760 testagens, sendo que destes 261 foram do tipo RT PCR e 1470 testes rápidos.

 

De acordo com a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Beatriz Costa, todas as Unidades Básicas de Saúde de São Cristóvão dispõe hoje de testes rápidos. Para isso, a Prefeitura adquiriu no mês de junho dois mil testes, em um investimento de R$ 260 mil.

 

O teste rápido possui algumas limitações, como a necessidade de ser realizado apenas em pessoas sintomáticas e após o oitavo dia do início dos sintomas, preferencialmente entre o 10º e 14º dia, evitando assim, que o resultado seja falso negativo. Segundo o Ministério da Saúde, é preciso esperar esse tempo para que o sistema imunológico possa produzir anticorpos suficientes para ser detectado no teste.

 

Já os testes do tipo RT PCR estão armazenados em locais refrigerados, e são levados para as unidades após solicitação das equipes de saúde. Este tipo de teste é realizado na fase mais aguda da doença, logo no início dos sintomas. Dos 261 RT PCR feitos até o momento, 170 foram positivos, 75 negativos, 15 aguardam por resultados e 1 apontou resultado inconclusivo.

 

A identificação dos casos infectados, segundo Beatriz, é de extrema importância para o controle do vírus. “A realização dos testes no município é de suma importância, porque nos apresenta uma melhor visão de como realmente está a incidência do Coronavírus em São Cristóvão”, explica a coordenadora.

 

Sintomas


As pessoas que apresentarem sintomas leves de Síndrome Gripal, como tosse, febre, dor de cabeça e outros, devem procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima da sua casa, ou as Unidades de Referência (Jairo Teixeira ou Maria José Soares Figueroa/Contêiner). Em caso de dificuldade respiratória e falta de ar, a Atenção Especializada (Hospital ou Urgência 24h) é o mais indicado.


Dúvidas sobre o Coronavírus, podem ser esclarecidas através do WhatsApp do serviço 99883-6201.

 

Foto: Heitor Xavier