Prefeitura de São Cristóvão e CONSUBAJU entregam vale-alimentação a catadores de materiais recicláveis do município

14/12/2020 - 16:20 Atualizado há 5 dias



 

A Prefeitura de São Cristóvão em parceria com o Consorcio Público de Saneamento Básico da Grande Aracaju (CONSUBAJU), entregou na manhã desta segunda-feira, 14, um vale-alimentação no valor de R$ 200, para os catadores e catadoras de recicláveis cooperados do município. O benefício foi obtido junto à Associação Nacional de Catadores e Catadoras de Recicláveis (ANCAT).

 

O secretário Municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, Elísio Cristóvão Souza, destaca que a Prefeitura de São Cristóvão, através da Semap, vem trabalhando ao longo dos últimos anos para dar maior dignidade aos trabalhadores de materiais recicláveis. De acordo com ele, um desses trabalhos é o fortalecimento de parcerias com órgãos como o CONSUBAJU, que tem resultado em benefícios para os sancristovenses.

 

 

Segundo o secretário, este tipo de ação é importante para que mais catadores e catadoras possam entender a seriedade da gestão municipal e da Cooperativa de Recicláveis de São Cristóvão, e assim se associem, fortalecendo sua classe. “Esse benefício vem em uma excelente hora, em que o país vive uma pandemia e esses catadores tiveram que parar por alguns meses. A princípio, esse é um benefício em comemoração ao Natal, mas a perspectiva é de que consigamos que ele permaneça assim que a cooperativa se estabeleça em definitivo”, explica.

 

De acordo com o superintendente do CONSURBAJU, Evaldino Calazans, o Consórcio e a Semap apresentaram um relatório junto à ANCAT, solicitando recursos para os catadores e catadoras de São Cristóvão, sendo contemplados com o vale-alimentação. Para ele, “além de ajudar na renda deles neste final de ano, os cartões também fortalecerão a cadeia do comércio no município, já que os cooperados vão poder fazer suas compras nos supermercados e estabelecimentos da cidade”, acredita.

 

 

Para a presidente da Cooperativa de Recicláveis de São Cristóvão, Diana Santos, o vale-alimentação será muito útil neste momento para os 11 catadores e catadoras que integram o grupo. “Por causa da pandemia a gente não pode sair muito para realizar as atividades. No momento todos nós estamos desempregados, então, sem dúvidas esse cartão vai nos ajudar bastante a comprar nossa cesta básica de final de ano”, afirma a presidente.

 

Galpão de triagem

 

Além da entrega dos vales, o encontro também serviu para informar aos integrantes da Cooperativa sobre o andamento da instalação do galpão de triagem no município. “Todos os projetos já foram elaborados, estamos somente aguardando o licenciamento ambiental da Adema para que a gente inicie essa obra no valor de R$ 400 mil. Isso irá beneficiar todo o município, não só os catadores, mas a comunidade em geral porque esse será um trabalho voltado para reciclagem, que vai gerar renda, emprego e contribuirá com o meio ambiente”, detalha o superintendente do CONSURBAJU, Evaldino Calazans.

 

Fotos: Heitor Xavier