Prefeito assina ordem de serviço para elaboração de projeto do Parque Linear da Paz, no conjunto Lafaiete Coutinho

19/05/2023 - 16:45 Atualizado há 3 dias



Na manhã desta sexta-feira (19), o prefeito Marcos Santana assinou ordem de serviço que autoriza o início da elaboração do projeto para a obra do Parque Linear da Paz, mais especificamente no Conjunto Lafaiete Coutinho, bairro Eduardo Gomes. A reunião de assinatura contou com a presença do secretário municipal de infraestrutura, Júlio Júnior, da arquiteta e urbanista Rosângela Figueiredo Bahia e do arquiteto e urbanista Tiago Nascimento. 

 

Segundo o secretário da Seminfra, “inicia-se agora a fase da elaboração do projeto, regada de estudos, de visitação, para que possamos entender as demandas da comunidade. Neste momento são definidos todos os detalhes, como infraestrutura e orçamento que transformará a realidade deste canteiro que divide o Lafaiete Coutinho de outros locais do Eduardo Gomes. Além do aspecto urbanístico precisamos resolver outras questões necessárias, a exemplo de alguns pontos de alagamentos que serão inseridos nesse projeto para que sejam resolvidos definitivamente, explicou.

 

Julio Junior, secretário da Seminfra

 

O prefeito Marcos Santana ressaltou a importância do Parque Linear da Paz como um espaço de integração e bem-estar para toda a comunidade. “Não é de hoje que esta obra está inserida em nossos planos de governo e agora estou imensamente feliz porque chegou a hora de colocarmos no papel e enfim realizarmos este  sonho. A extensa faixa até então inutilizada do canteiro se transformará em uma área de lazer e convivência, capaz de  valorizar a região, de proporcionar mais qualidade de vida e de promover o desenvolvimento sustentável”, afirmou.

 

Marcos Santana, prefeito

 

Segundo Rosângela Bahia, arquiteta que será responsável pela obra, “o parque promete levar qualidade de vida para toda a região interligada pela obra. É uma intervenção de integração das comunidades que ali estão residindo e com certeza trará grandes benefícios no que diz respeito ao entorno do bairro. O município está de parabéns por essa ideia, em que vocês pretendem intervir e ter a participação da comunidade. Nós teremos o prazer de apresentar um projeto preliminar e ouvir a todos, para que possamos atender as expectativas não só do município, mas também dos munícipes”, enfatizou.

 

Rosângela Figueiredo Bahia, arquiteta e urbanista

 

Fotos: Dani Santos