Pavimentação de 19 ruas do Rosa Maria avança em bom ritmo

04/12/2020 - 17:54 Atualizado há 1 dia



Uma obra que revolucionará completamente a realidade do Rosa Maria, a pavimentação de 19 ruas no bairro segue de a todo vapor. A Prefeitura de São Cristóvão, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), já pavimentou com asfalto as ruas Terésio Morel e José de Araújo, já iniciou o calçamento com pedra granítica na Rua Sidônio Messias, e segue implantando a rede de drenagem para iniciar o calçamento das demais vias.

 

 O investimento realizado com recursos próprios do município é superior a  R$ 4 milhões, e além de retirar a lama do dia a dia da população, vai elevar a mobilidade urbana do bairro.

 

Pavimentação da rua Sidônio Messias já foi iniciada

 

 

“Grande parte das 19 ruas são grandes corredores, o que vai melhorar de forma significativa a mobilidade urbana da comunidade porque vai permitir que uma nova linha de ônibus passe a trafegar pelo Rosa Maria, compromisso assumido no início dessa gestão”, explica o prefeito. Ainda segundo ele, a obra leva mais conforto para a comunidade, já que em alguns casos, os moradores chegam a caminhar mais de mil metros para terem acesso ao transporte público.

 

 

A população do Rosa Maria está ansiosa pelo término da obra que vai mudar o bairro. É o que conta Diego Menezes, morador da Rua Sidônio Messias há mais de 30 anos, e que só com a atual gestão viu o seu sonho ser realizado. "Depois de tanta promessa dos outros prefeitos, o de agora cumpriu sua palavra e fez. Essa pavimentação aqui vai melhorar a acessibilidade, valorizar nossas casas e o comércio. Finalmente depois de tantos anos, vamos sair da lama", disse o morador.

 

 

Diego Menezes, morador do Rosa Maria há 35 anos

 

De acordo com Vicente Maia, engenheiro da Seminfra, as ruas Terésio Morel e José de Araújo já receberam a massa asfáltica, e agora estão sendo colocados os meios-fios. Já na Sidônio Messias, após o nivelamento da rua e implantação do meio fio, foi iniciado o assentamento dos paralelepípedos.

 

Fotos: Dani Santos