Parceria com o SENAI garante qualificação profissional aos moradores de São Cristóvão

01/02/2022 - 16:56 Atualizado há 15 horas



Com o objetivo de proporcionar qualificação profissional gratuita aos moradores do município e prepará-los para a realidade do mercado de trabalho, a Prefeitura de São Cristóvão, em parceria com o Serviço de Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), realizou nesta manhã (01) a aula inaugural do Projeto de Interiorização. Um programa que leva cursos profissionalizantes em unidades móveis para diversos pontos do estado e nesta gestão já esteve presente pela terceira vez no município.

 

Nesta oportunidade, a Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast) ofertou 172 vagas, que foram distribuídas entre os cursos de Informática  Básica, Soldador e Arco Elétrico, Eletricista Instalador Industrial, Confecção de Lingerie e Moda Praia e o curso de Mecânico de Manutenção em Motocicletas. Cada curso terá a carga horária de 160h e será composto por duas turmas, uma contemplará o turno da manhã e outra o da tarde.

 

Para a secretária da Semast, Lucianne Rocha, a vinda das carretas do SENAI é muito importante para cumprir com o objetivo do município, que é o de “ofertar o maior número de cursos e vagas para profissionalizar a juventude sancristovense, potencializar a mão de obra e impulsionar a geração de renda. Estou muito feliz em decorrência da busca, que foi grande, inclusive com lista de excedentes. Isso já é o indicativo de que precisamos ofertar mais cursos quando estes encerrarem”, explicou.

 

Lucianne Rocha, secretária da Semast

 

A secretária ainda acrescenta que o papel da Semast é ofertar oportunidade, acesso e depois facilitar para que essas pessoas tenham conhecimento do universo do trabalho. “Precisamos oferecer cursos que possuam credibilidade no mercado e com o SENAI os alunos terão essa garantia, por isso insisto para que não desistam e que aproveitem da melhor forma o aprendizado”, reforçou a secretária.

 

Para Roberta Carla de Oliveira, técnica pedagógica do SENAI, quando a prefeitura traz o projeto de interiorização para o município, ela demonstra uma preocupação com o futuro dos moradores, pois o desenvolvimento do município está diretamente atrelado à qualificação daqueles que moram nele. “Essa parceria proporciona aos alunos o aprendizado sem que eles precisem sair da sua cidade. E essa qualificação é feita através de profissionais especialistas em suas áreas, que não se preocupam apenas com a entrega do certificado, mas em dar reais condições para que esse futuro profissional consiga adentrar no mercado de trabalho”, pontuou.

 

Roberta Carla de Oliveira, técnica pedagógica do SENAI

 

Histórias de superação e expectativa dos alunos inscritos

 

Breno Menezes Rodrigues é morador da cidade e não hesitou em aproveitar a oportunidade dessa mesma parceria, em 2019. Ele realizou o curso de eletricista e, desde então, esta é a sua profissão. “Se hoje eu tenho uma profissão, eu agradeço à gestão pela oportunidade que me foi dada lá em 2019. Não desisti, aproveitei da melhor forma e hoje estou aqui buscando a realização de outro sonho que é cursar informática. Acredito que portas serão abertas, assim como foram quando participei do projeto pela primeira vez”, salientou.

 

Breno Menezes Rodrigues, eletricista e aluno do curso de Infortmática Básica

 

Isabela Rezende é manicure e tem o desejo de trabalhar na área de confecção. “Esta é uma área que eu me identifico muito e sou muito grata pela oportunidade. Esse é o segundo curso que irei realizar através da prefeitura e enquanto a gestão tiver essa preocupação com o futuro dos moradores, eu vou aperfeiçoar o meu currículo e crescer profissionalmente”, disse.

 

Isabela Rezende, manicure e aluna do curso de Confecção de Lingerie e Moda Praia

 

Gdeon Batista de Góes é chapista, trabalha na área de solda há mais de 10 anos e nunca teve a oportunidade de fazer o curso. “Eu perdi muitas vagas de trabalho porque existia a experiência e me faltava a qualificação. O que sinto é um misto de gratidão e ansiedade, porque sei que a partir da conclusão dessas aulas muitas oportunidades tendem a surgir. Agradeço a esta parceria, não só por mim, mas por todos que agarraram essa oportunidade e que devemos fazer de tudo para chegarmos até o fim, mesmo diante de tantas dificuldades com a pandemia”, ressaltou.

 

Gdeon Batista de Góes, chapista e aluno do curso de Soldador e Arco Elétrico

 

Fotos: Heitor Xavier