Paratleta sancristovense é convocada para o Campeonato Mundial de Parabadminton 2022

05/09/2022 - 14:40 Atualizado há 8 horas



A paratleta sancristovense Maria Gilda dos Santos foi convocada para representar o Brasil no Campeonato Mundial de Parabadminton 2022, que será realizado do dia 01 a 06 de novembro em Tóquio, Japão, pela Federação Mundial de Badminton (BWF).

 

Contemplada pelo Programa Bolsa Atleta da Prefeitura de São Cristóvão, Maria Gilda é Top 10 mundial na categoria dupla feminina de Parabadminton, além de figurar entre as 15 melhores na categoria simples feminina e na 28ª posição na dupla mista.  Ela conquistou recentemente três medalhas no IV Torneio Internacional de Parabadminton realizado em São Paulo. Atualmente, participando de um intercâmbio em Portugal, a paratleta contou a emoção ao receber essa notícia.  

 

“Está sendo uma felicidade imensa, é uma enorme satisfação representar o Brasil, representar Sergipe, e principalmente representar São Cristóvão que é a cidade que me acolheu e é onde hoje eu treino, vivo e quem me apoia também. Sem o apoio do Bolsa Atleta isso não seria possível, nós gastamos muito em competições e com essa bolsa eu consigo pagar uma inscrição, uma alimentação e até mesmo às vezes uma hospedagem e transporte. Sem essa ajuda pode ter certeza que eu não teria como estar hoje onde eu estou, então a felicidade é ímpar”, disse. 

 

Para o Mundial, Gilda acrescenta sua extensa preparação em torneios nacionais e internacionais e o objetivo de conquistar a tão sonhada vaga nas Olimpíadas da França. “As etapas que me deixam apta a participar do mundial é a simples feminina WH-2, que é a classe para cadeirantes, e a dupla feminina WH1-WH2 que também são as duas classes que vão me fazer pleitear uma vaga para a Olimpíada em 2024”, complementa.

 

O secretário de esportes e lazer, Klewerton Siqueira, salientou os frutos gerados pelo programa em atletas como Gilda, mostrando a importância da gestão em dar visibilidade ao esporte. “É uma satisfação pro município, sem contar que o esporte paraolímpico não é visto e valorizado pelos órgãos públicos. Por isso, nós entendemos que tanto os atletas como os paratletas servem de inspiração aos jovens, para as crianças do município e do estado porque eles são campeões em várias categorias no brasileiro, sul-americano e até mesmo mundial. Ter o Bolsa Atleta como pioneiro no estado de Sergipe e ser o único município que tem esse programa colabora e ajuda na prática esportiva”, explicou.

 

Klewerton Siqueira, secretário de esportes e lazer da Semel

 

Sobre o Programa

 

O Programa Bolsa Atleta, de que trata a Lei nº 312/2017, é um benefício concedido pela Prefeitura Municipal de São Cristóvão, por meio da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), regulamentado pelo Decreto nº 158/2019, com foco em atender atletas e paratletas de desportos de rendimento com modalidades individuais e coletivas reconhecidas pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).

 

Fotos: Dani Santos e Heitor Xavier