Paratleta sancristovense conquista três medalhas no IV Torneio Brasil Internacional de Parabadminton

02/05/2022 - 15:34 Atualizado há 17 horas



A paratleta sancristovense Maria Gilda dos Santos conquistou três medalhas no V Torneio Brasil Internacional de Parabadminton, realizado no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. Contemplada pelo programa Bolsa Atleta, ela esteve na Prefeitura de São Cristóvão na última sexta-feira (29) para agradecer o apoio concedido pelo município.

 

Gilda terminou o torneio com três pratas, sendo elas conquistadas nas categorias WH1-WH 2 mista, dupla feminina WH1-WH 2 e simples feminina WH2, na competição que reuniu 180 atletas de 20 países, entre os dias 19 a 24 de abril.  Segundo ela, o auxílio da Prefeitura mais uma vez foi fundamental para que pudesse competir.

 

“Sem esse auxílio eu não estaria lá, principalmente nesse início de ano onde tudo é mais difícil, levando em consideração a situação financeira de todos nós. Foi a Bolsa que me proporcionou esse momento, onde pude competir e conseguir esses resultados. Iniciar o ano dessa forma só me dá alegria e me motiva a continuar”, aponta a paratleta.

 

O secretário Klewerton Siqueira e o prefeito Marcos Santana receberam a paratleta na última sexta

 

O V Internacional de Parabadminton é um torneio válido como uma etapa do circuito mundial da modalidade e chancelado pela Federação Mundial de Badminton (BWF). Os melhores colocados na competição receberam pontos no ranking mundial. Com as medalhas conquistadas, Gilda se tornou a 9ª melhor colocada no ranking mundial na categoria dupla feminina, além de figurar entre as 15 melhores na categoria simples feminina e na 28ª posição na dupla mista.  

 

 

Para o prefeito Marcos Santana, Gilda é um exemplo para todos, pois é “uma atleta que tem competido no mundo inteiro e com seus resultados tem levado o nome de São Cristóvão para além das fronteiras, mostrando que estamos na cidade que acolhe os paratletas e que tem um Bolsa Atleta que olha para todos. Vamos continuar dando esse apoio a Gilda para que ela continue competindo e trazendo resultados para o nosso município”, comentou o gestor.

 

O secretário de esportes e lazer, Klewerton Siqueira, aponta que ela é uma referência não somente no parabadminton, mas no esporte como um todo. “Ela tem um histórico de luta, de esforço e que leva o nome da nossa cidade por onde ela passa. É um orgulho para nós, e dentro da medida do possível estamos auxiliando ela, e torcendo que em 2024 ela esteja nos representando na paraolimpíada que vai acontecer na França”, declarou.

 

Para o decorrer do ano, Gilda prevê a participação em três competições nacionais e duas internacionais, sendo estas últimas na Colômbia e no Peru, ambas em novembro.

 

Fotos: Heitor Xavier e Dani Santos